atualizado em:

Fronteiras fechadas no Chile novamente

O turismo no Chile também foi atingido pela pandemia de Covid-19. Agora ele tenta se reorganizar.

por Natalie Soares outros artigos do autor
atualizado em:

ATENÇÃO: entrou em vigor hoje, dia 5 de abril, novas medidas do governo chileno para tentar conter o avanço da COVD-19. Uma das regras foi o fechamento completo das fronteiras do país. Desta forma, as informações apresentadas ao longo desse textos estão suspensa pelo menos pelos próximos 30 dias. Nenhum turista estrangeiro poderá entrar no Chile neste período.

passeios por chiloe no sul do chile 06

Regras para brasileiros entrarem no Chile

É preciso apresentar o PCR negativo feito 72 horas antes do embarque e se o voo tiver escalas considere o horário do último embarque.

Também é necessário preencher um formulário no site do governo chileno 48 horas antes da viagem. Ele se chama declaração jurada de condição de saúde. Lá você vai detalhar as informações da sua viagem e da sua saúde, isso vai gerar um QR code que deverá ser guardado.

Os melhores passeios pelo Chile

No embarque leve o comprovante de seguro viagem que cubra despesas de COVID-19 durante todo o período da sua estadia no país. Lembre-se: ele deve ter uma cobertura mínima de 30 mil dólares para o tratamento da doença.

Logo no desembarque, será cobrado novamente o PCR negativo realizado no Brasil. Depois disso, será feito um novo teste de PCR e os passageiros são transferidos para uma residência sanitária – uma espécie de “hotel de trânsito”.

Nesse abrigo, os brasileiros seguem isolados até a chegada do resultado do novo exame, ou seja, podem aguardar até 72 horas. Mas atenção: o custo da estadia deve ser pago pelo viajante momento do preenchimento do passaporte sanitário antes do embarque.

O valor pode variar acordo com os hotéis de trânsito disponíveis para estadia do viajante e outros fatores ainda podem influenciar como a quantidade de pessoas no grupo e tipo de transporte que será utilizado. O total é informado assim que você terminar de preencher o documento oficial (esse passaporte sanitário).

Assim que o resultado negativo chegar, o turista é liberado e pode continuar a quarentena de 10 dias em sua hospedagem no destino final. Caso o exame dê positivo, o passageiro deverá permanecer neste hotel de trânsito até que receba alta.

Durante os primeiros 14 dias da sua viagem, você vai receber um formulário diário do governo por email. O preenchimento é obrigatório.

Como se locomover em Santiago - dicas de transporte - ônibus

Chile: quarentena para brasileiros

Depois do período de quarentena no hotel de trânsito, também é necessário preencher novamente o formulário para viagem dentro do país. Acesse o site oficial e veja os detalhes. Algumas províncias podem pedir um novo teste de PCR ou podem fechar suas fronteiras dependendo do avanço dos casos de COVID.

Lembre-se: as regras e a fiscalização ficaram mais rígidas para os brasileiros desde o dia 25 de março de 2021.

Aqui vai um detalhe importante: desde dezembro de 2020, todos os passageiros que desembarcam no país são obrigados a fazer uma quarentena de 10 dias. Com um PCR negativo, você poderá sair depois do sétimo dia. O país também implementou um toque de recolher todos os dias das 22h às 5h.

Reabertura das atrações, restaurantes e passeios no Chile

Como está o turismo no Chile hoje? Embora o país já tenha começado a vacinar parte de sua população, muitas atrações seguem fechadas ou com protocolos mais rígidos de visitação e com sua capacidade reduzida abaixo de 50%. Confira cada ponto no site oficial antes de visitá-lo e faça reservas nos restaurantes e vinícolas sempre que possível.

Passeios de neve em santiago do Chile 03

Voos do Brasil para o Chile

Por enquanto, a LATAM já retomou os voos entre São Paulo e Santiago com dois voos diários às segundas, quartas, sextas e sábados. Demais dias da semana só um voo diário.

A empresa low cost chilena, Sky Airlines, também está operando voos semanais saindo de São Paulo e Rio de Janeiro para Santiago.

Rotas entre o Brasil e o Chile operadas pela Sky Airlines

Saindo de São Paulo:

  • Abril: todos os voos foram suspensos
  • Maio e junho: voos às segundas e sextas partindo às 12h55
  • A partir de julho: voos diários à 12h45

Saindo do Rio de Janeiro:

  • Abril: todos os voos foram suspensos
  • Maio e junho: voos às quartas, sábados e domingos às 10h15
  • A partir de julho: voos diários às 10h05

Fique atento às políticas de cancelamento e remarcação das passagens.

Santiago: como ir do aeroporto ao centro? de transporte público

A fonte mais confiável e atualizada para confirmar os protocolos de visitação é o site oficial do ministério do turismo do Chile.

Aqui cabe um porém bem grande: muitos destinos isolados no Chile não têm estrutura hospitalar e nós podemos ser vetores assintomáticos de transmissão e contaminação da doença, causando sobrecarga à um sistema praticamente inexistente. Máscara (N95 de preferência), lavar as mãos, use de álcool gel e distanciamento social é o mínimo que podemos fazer.

Sei que você está cansado, também estou, mas a pandemia não acabou e todo cuidado é pouco.

Assine nossa newsletter!

Comentários