Com toda essa história de aumento de IOF, as outras maneiras de levar moeda estrangeira numa viagem começaram a serem analisadas mais a fundo, mas eu notei que as pessoas têm bastante dúvidas sobre essa que é uma das formas mais interessantes e baratas no momento, o cartão de débito internacional do seu banco.

Mas, Fred, é possível eu usar meu cartão de banco para fazer compras e saques no exterior? Sim! 😀

Não quero entrar no mérito de analisar as várias formas de fazer compras internacionais – o Riq Freire fez um ótimo post explicando cada uma no Viaje na Viagem – mas sim explicar como usar o cartão de débito internacional e, também, como saber se seu cartão é internacional.

Eu mesmo já havia utilizado essa opção quando fui para o Chile e na época foi realmente um pouco mais barato que comprar no cartão de crédito, mas havia deixado de lado esta opção, pois a diferença não justificava não ganhar minhas milhas do cartão de crédito 🙂 Contudo, a diferença já não é tão pequena e o cartão de débito internacional se tornou uma boa opção.

Quais as vantagens e desvantagens de usar o cartão de débito internacional do seu banco no exterior?

Uma das maiores vantagens é que o IOF cobrado é de 0,38% Infelizmente agora o IOF do cartão de débito internacional hoje é o mesmo do cartão de crédito: 6,38% 🙁 Veja mais detalhes sobre o novo IOF aqui.

No cartão de débito internacional a cotação do dólar é a daquele dia e não do dia do pagamento da fatura como ocorre com os cartões de crédito. Então economizamos 6% de IOF e a chance de ter sustos com variação cambial é pequena.

A cotação do dólar também é um pouco melhor que a do dólar turismo, utilizada na compra de papel moeda. Essa cotação varia de banco para banco, mas normalmente é compatível com a cobrada nos cartões de crédito.

Você pode fazer saques e compras com débito direto da sua conta.

Como principal desvantagem está o limite de gastos que é relativamente baixo para fazer compras grandes, mas suficiente para gastos do dia a dia. Outra desvantagem, dependendo do banco, há cobrança de taxas por saque e pode haver cobrança por compra no débito também.

Como descobrir se o cartão de débito do seu banco é internacional?

Olhe atrás do seu cartão e veja se os símbolos da Cirrus ou Plus estão lá:

Cirrus plus master card visa maestro electron

Se estiverem, então é praticamente certo que ele pode ser usado internacionalmente. Basta agora você ligar para seu gerente de banco e confirmar 🙂

Como usar o cartão de débito internacional?

Primeiro, ligue para seu gerente e habilite as funções de débito e saque internacionais. Essas funções geralmente estão desabilitadas por questões de segurança e são habilitadas apenas para o período da sua viagem.

Cartão de débito internacional habilitado, basta proceder nas compras exatamente como no Brasil. Simples assim 😉

Para compras, a rede Cirrus (da bandeira Master Card) funciona como a Rede Shop/Maestro e a Plus (da bandeira Visa) funciona como a rede Electron.

Para saques, basta procurar um caixa eletrônico com os símbolos da Cirrus ou Plus e realizar os saques seguindo as instruções da tela.

caixa eletronico atm visa master maestro electron cirrus plus

Pegadinhas ao utilizar o cartão de débito internacional

Quando as funções de débito e crédito estão no mesmo cartão, você tem de ficar atento ao fazer compras, pois normalmente a função padrão é a de crédito. Peça sempre que utilizem a função débito em vez de crédito quando forem passar o cartão. Já para o saque, normalmente o caixa eletrônico deixa você escolher qual função usar.

*** Veja o Update 3 aí em baixo e leia os comentários para saber dos problemas ao utilizar o cartão múltiplo para saques e pagamentos no débito ***

Cuidado também com as taxas cobradas pelo seu banco para a utilização da função débito. No Itaú eu não pago taxas sobre despesas no débito, mas pago quase R$10 por saque. Já no Banco do Brasil, eles cobram 2,5% de taxas em cima de qualquer transação (débito ou saque) além de cobrarem uma taxa fixa sobre o saque.

Cuidado com o limite de gastos no débito também. Esse limite é por dia e por semana (tanto saque e compras contam do mesmo limite) e varia de banco para banco. Esses limites são sempre em reais, por isso cuidado, pois o limite em moeda local pode ser bem menor.

Aproveite que você já vai ligar para seu gerente para habilitar seu cartão de débito internacional e confirme os limites e taxas cobrados pelo seu banco.

Você costuma usar o seu cartão de débito internacional nas viagem? Como foi?

Você teve problemas para utilizar seu cartão múltiplo (débito e crédito no mesmo cartão) no exterior?

Qualquer dúvida, é só comentar 😉

Update 1: O Edgar comentou que está faltando a informação sobre o Maestro como sendo outra rede de débito internacional. O MasterCard Maestro está para o Cirrus assim como o Visa Electron está para o Plus. Em alguns lugares do mundo há os dois (como no caixa eletrônico acima), mas em outros há apenas um. Como no Brasil existe apenas o Maestro e Electron, uma maneira mais certa de conferir se seu cartão pode ser usado internacionalmente é conferindo se há o Cirrus ou Plus.

Update 2 (04/09/2011): A Andrea confirmou que é preciso utilizar a senha de 6 dígitos para realizar saques com o cartão de débito do Itaú nos bancos da Itália na região da Toscana (Monte dei Paschi di Siena, Cassa di Risparmio di Firenze e Cassa di Risparmio di Monteriggioni).

Update 3 (04/09/2011): A Denise e Andrea tiveram problemas com saques no exterior com cartões múltiplos (débito e crédito no mesmo cartão). No caso delas o saque era cobrado do cartão de crédito (que inclui juros altíssimos) e não da conta corrente (débito). Então fica o alerta para quem tem esse tipo de cartão. A dica é, se possível separar o cartão de crédito do de débito para evitar esse tipo de confusão.

Update 4 (04/09/2011): O Ricardo Freire fez um post com várias explicações sobre o assunto também 🙂

Post atualizado em 13 de Abil de 2014.

Você também poderá gostar

Se gostou do que viu, assine o blog!


    284 Comentários
  1. Oi, estou com uma dúvida.
    Meu cartão de débito é visa plus, mas não é electron. Mesmo assim consigo usá-lo normalmente no exterior?

    • Oi Rafael.

      Inicialmente isso não é problema (as fotos mostram o plus e electron na mesma máquina). Mas é preciso saber com seu banco se seu cartão é internacional e, depois disso, fazer o aviso viagem antes de ir viajar, caso contrário ele poderá ser bloqueado.

  2. Ola, tive um problema sacando no debito na Escocia e acabou caindo no credito, a maioria dos caixas são rede plus e cirrus mas ate agora eu não consegui sacar nem uma vez no debito. O gerente do santander não sabe me explicar e os atendentes muito menos. Eu fui no Santander tentar sacar mas não consegui. Minha maior duvida e como consigo sacar no debito, e foi exatamente clicando na função debito do caixa caiu no credito.

    • Oi Filipe.

      Pois é, é incrível como as pessoas dos bancos não sabem como explicar, mas a explicação é simples: vc usou um cartão múltiplo (crédito e débito juntos) 🙁 Não conheço uma pessoa que tenha conseguido sacar no débito com eles no exterior. De alguma forma o sistema não detecta isso.

      Os gerentes devem retirar as taxas e encargos do cartão de crédito quando isso acontece…

  3. Ola. Tenho um cartao do BB Internacional e nao consigo sacar dinheiro na Republica Dominicana. Esta habilitado pra transacoes internacionais, porem nenhum caixa permite essa operacao. Quem puder me ajudar, grato. rlpborgo@yahoo.com.br

    • Nossa ricardo, que zica. Será que não é porque esse cartão é múltiplo (débito e crédito)? Sempre dá problemas nesses cartões.

  4. Fui no ano passado para Turquia , meu cartão e múltiplo , saquei na função débito sem problemas.

    • Que bom que deu certo, Maria 🙂 você foi a primeira pessoa que eu vi que não teve problemas nesse tipo de saque.

  5. Estou na Itália em Reggio Emília, quando tento sacar dinheiro com meu cartão Mastercard, dígito a senha de 6 dígitos e da senha incorreta mesmo digitando a senha certa ! Meu banco é Itaú. Alguma sugestão ? Desde já, agradeço !

    • Oi Tamila.

      A senha do itaú são só os primeiros 4 dígitos. apenas nos caixas da empresa é que vc precisa dos 6 🙂

      Ah, mas se vc já errou 3 vezes, pode ser que tenha bloqueado o cartào. daí só falando com o banco pra saber o que fazer.

    • Oi Tamila. Você tem de digitar apenas os 4 primeiros dígitos, assim como faz quando usa o débito para pagar contas. 6 dígitos somente nos caixas do itaú (acho uma confusão enorme isso, mas é a vida :/ )

  6. O tempo para fazer um segundo saque no atm é de 24 hrs ou passando das 00:00 hrs já consigo?

    • Oi Guilherme. Teoricamente você pode fazer quantos vc quiser. O limite é por valor e cada banco (aqui do brasil) tem seu limite. É preciso conversar com eles para ter certeza.

  7. É possível comprar com visa electron de débito, em sites dos eua ?

  8. Pessoal, vou pro Peru agora em Julho e estou levando uma quantia em dólar por precaução e o restante pretendo sacar lá mesmo na moeda local. Meu cartão é do Itaú e é múltiplo 🙁 fiquei preocupada agora lendo que várias pessoas tiveram problemas no débito lá com esse tipo de cartão… A questão é: pra sacar também tiveram problema? Porque eu não pretendia usar débito lá. Só queria sacar! Como eu vi que algumas pessoas tiveram problema pra fazer o saque, alguma dica que eu precise saber? Eu já desbloqueie as funções internacionais no meu cartão.

  9. Olá Fred, poxa estou com muita dificuldade, espero que possa me ajudar, vou viajar em breve, mas aqui ngm sabe me explicar se meu cartão de débito pode realizar saque lá fora, tem as bandeiras cirrus e maestro atrás, mas essa ativação não é feita por que os atendentes nem sabem explicar.
    Como faço? Posso levar esse cartão e tentar tranquila ou já era?

    • Oi Bruna. Infelizmente é preciso falar com seu banco, pois é ele que define. Mesmo com o Cirrus e maestro atrás, sua conta tem de permitir compras internacionais. Depois você precisa ligar pro banco para fazer o “aviso viagem” do cartão.

  10. 1 11 12 13
Deixe seu Comentário