atualizado em:

Os melhores museus de Santiago

De arte pré-colombiana até Dalí, a capital guarda ótimos acervos culturais.

por Sundaycooks outros artigos do autor
atualizado em:

A capital chilena tem muito mais do que cenários naturais (formados principalmente pela Cordilheira dos Andes), restaurantes famosos e arquitetura que mistura a herança do passado com uma visão para o futuro. Ela também tem museus que merecem ser visitados por qualquer pessoa – mas ainda mais por nós mesmos, que nascemos neste continente.

Os melhores museus de Santiago, no Chile: galerias de arte

Os melhores museus de Santiago

Veja uma seleção de museus de Santiago que valem a sua visita.

Museu da Memória e dos Direitos Humanos

O Chile viveu uma das piores ditaduras da América Latina, por isso faz questão de manter viva a memória daqueles tempos, para que gerações futuras não esqueçam dos horrores que a sua população sofreu.

O Museu da Memória e dos Direitos Humanos (Museo de la Memoria y los Derechos Humanos) se dedica a isso, em um espaço que mostra as violações cometidas pelo governo nacional naquela época, em uma exposição impactante e surpreendente.

É um passeio forte, mas obrigatório para qualquer ser humano de passagem pelo país.

Museo de la Memoria y los Derechos Humanos

  • Endereço: Matucana 501 – metrô Quinta Normal. Site.
  • Horários: de terça a domingo, das 10 às 18h; em janeiro e fevereiro, fechamento às 20h.
  • Ingressos: entrada gratuita.

Os melhores museus de Santiago, no Chile: Museu Nacional de Belas Artes

Museu Chileno de Arte Pré-Colombiana

Visita fundamental para todos os sul-americanos – e ainda mais para aqueles que querem conhecer sua própria história –, o Museu Chileno de Arte Pré-Colombiana (Museu Chileno de Arte Precolombino) tem uma das maiores e mais fantásticas coleções de objetos, relíquias arqueológicas e arte das Américas do Sul e Central.

Os melhores museus de Santiago, no Chile: Museu Chileno de Arte Pré-Colombiana

Ele foi fundado em 1981, por um colecionador de antiguidades (Sergio Larraín García-Moreno), e seu maior destaque é a coleção de Múmias de Chinchorro, um conjunto de múmias encontradas na região do Atacama e consideradas as primeiras da humanidade. Para você ter uma ideia, elas são de mais ou menos 5050 a.C., enquanto as múmias egípcias são de aproximadamente 3000 a.C.

Além dessas maravilhas universais, o Museu Chileno de Arte Pré-Colombiana também tem exposições temporárias respeitáveis e muito interessantes.

Museu Chileno de Arte Precolombino

  • Endereço: Bandera 361, esquina com Compañía – metrô Plaza de Armas. Site.
  • Horários: de terça a domingo, das 10 às 18h (mas tente entrar no máximo até as 17h30).
  • Ingressos: 6.000 pesos chilenos.

Casa Museu La Chascona

Visitar o Chile é sempre um evento para os fãs de Pablo Neruda. O poeta e escritor nascido no país é reverenciado em toda parte, com Santiago (e arredores) oferecendo as melhores oportunidades de você conhecer um pouco mais da vida desse grande artista chileno.

Três casas de Neruda viraram museus dedicados à sua memória e às suas obras. Na capital, esse lugar é a Casa Museu La Chascona (Casa Museo La Chascona), no delicioso bairro Bellavista, colado no Cerro San Cristóbal.

Os melhores museus de Santiago, no Chile: casa neruda

La Chascona

  • Endereço: Fernando Márquez de la Plata 0192. Site.
  • Horários: entre março e dezembro: de terça a domingo, das 10 às 18h; entre janeiro e fevereiro: de terça a domingo, das 10 às 19h. Fechado na segunda-feira.
  • Ingressos: 7 mil pesos, adulto (incluindo audioguia com opção em português).

Museu da Moda

O Museu da Moda (Museo de la Moda) é um programão para quem ama o assunto, mas também é um belo passeio para quem não entende nada dele.

Instalado numa mansão esplêndida no bairro Las Condes, esse espaço privado tem mais de 10 mil peças de roupas de várias épocas, desde o século 17 até hoje, e é perfeito para você ter uma ideia da importância da moda na economia, na sociedade, na política e na história da humanidade.

Os melhores museus de Santiago, no Chile: museu da moda

Para os mais curiosos, o museu ainda tem roupas utilizadas por pessoas famosas – como uma jaqueta de John Lennon, um vestido de noite de Lady Di e até o sutiã-cone que Madonna usou em seus shows, desenhado por Jean Paul Gaultier – além de produtos criados por deuses do mercado da moda.

Verifique sempre qual é a exposição temporária, porque o museu costuma ter eventos muito bons.

Museo de la Moda

  • Endereço: Avenida Vitacura 4562. Site.
  • Horários: de terça a sexta das 10 às 18h; sábado e domingo das 11h às 19h
  • Ingressos: 3.000 pesos chilenos, adulto

Museu Nacional de Belas Artes

Ele é o museu de belas artes mais antigo da América Latina (foi fundado em 1881) e fica num prédio considerado patrimônio nacional desde o fim dos anos 1970.

Dentro desse prédio (que na verdade é um palácio) estão mais de 3 mil obras de arte, a maioria do Chile e da América Latina, mas também várias peças de outros cantos do mundo, formando uma coleção de importância internacional.

Os melhores museus de Santiago, no Chile: Museu Nacional de Belas Artes

A localização do Museu Nacional de Belas Artes (Museo Nacional de Bellas Artes) facilita muito a sua visita: ele é bem fácil de ser encaixado em um passeio pelo pela beira Río Mapocho e você ainda aproveita o famoso Parque Florestal, uma das áreas mais agradáveis dentro de Santiago.

Museo Nacional de Bellas Artes

  • Endereço: José Miguel de la Barra 650 (Parque Forestal). Site.
  • Horários: de terça a domingo, das 10 às 18h45.
  • Ingressos: entrada gratuita.

Museu Ralli

Este museu fundado por um casal de banqueiros e com unidades também no Uruguai, na Espanha e em Israel tem o objetivo de promover a arte latino-americana de forma gratuita, levando a nossa cultura para o mundo.

Os melhores museus de Santiago, no Chile: galerias de arte

Tudo nele é independente: não é possível fazer doações nem empréstimos. Também não existe guias no museu, porque a intenção é que você sinta as obras sem nenhuma influência externa.

O Museu Ralli (Museo Ralli) de Santiago fica numa linda mansão e tem obras de argentinos, brasileiros, peruanos, colombianos, uruguaios, cubanos, dominicanos e hondurenhos, entre trabalhos de artistas de muitas outras nacionalidades, junto com trabalhos de Dalí, Chagall e Rodin.

Museu Ralli

  • Endereço: Alonso de Sotomayor 4110, Vitacura. Site.
  • Horários: de terça a domingo das 10h30 às 17h; em janeiro, a abertura é só aos sábados e domingos, nos mesmos horários; em fevereiro e em feriados, fechado
  • Ingressos: entrada gratuita

Assine nossa newsletter!

Comentários