atualizado em:

Roteiro de 6 dias na Cidade do México

Ao planejar seu roteiro de viagem pela Cidade do México, leve em consideração que ela é uma das maiores metrópoles do nosso continente […]

por Natalie Soares outros artigos do autor
atualizado em:

Ao planejar seu roteiro de viagem pela Cidade do México, leve em consideração que ela é uma das maiores metrópoles do nosso continente e que as atrações geralmente não ficam muito próximas umas às outras. Por isso, o tempo de locomoção entre um ponto e outro acaba sendo maior do que o imaginado. Pensando nisso, elaboramos um roteiro de seis dias pela cidade para você que quer aproveitar ao máximo uma das capitais mais vibrantes da América Latina.

Conseguiu uma oferta recentemente de voos para o México e está pensando em curtir uns dias na capital? Veja as nossas dicas e tire o melhor proveito do seu tempo de férias, começando pelo básico 😉

Zocalo Centro Histórico da Cidade do México - Perto do Palácio de Belas Artes

Onde ficar na Cidade do México?

Onde ficar na Cidade do México: os 3 melhores bairros

Maria Condesa: um hotel Boutique no bairro descolado da Cidade do México

Room Mate Valentina – uma opção econômica na Zona Rosa

Ofertas de Hotéis em Condesa

Ofertas de Hotéis em Polanco

Ofertas de Hotéis na Zona Rosa

Melhores bairros para ficar na Cidade do México - Condesa 02

Sobre transporte na Cidade do México

Sem mistérios: Metrô da Cidade do México

Como são os táxis na Cidade do México?

Tenho uma longa conexão lá, é possível sair e conhecer a cidade?

Sim! E este post é pra você 🙂

O que fazer numa longa conexão na Cidade do México?

Zocalo Centro Histórico da Cidade do México - Catedral Metropolitana

Roteiro de viagem pela Cidade do México

Dia 1 – Chegada à Cidade do México

Se seu vôo faz escalas outros pontos do continente, como Santiago ou Bogotá, é bem provável que você perca o dia todo em trânsito até a Cidade do México. Considere, então, fazer apenas programas mais lights como sair para jantar perto do hotel escolhido ou descansar para reabastecer as energias, afinal, a capital mexicana está a mais de 2000m de altitude e isso não é fácil para quem não está acostumado. Leia mais sobre o mal de altitude aqui: Mal de altitude: como prevenir o soroche.

Veja todas as opções de transporte para sair do aeroporto e seguir para o seu hotel na Cidade do México:

Como ir do aeroporto ao centro da Cidade do México?

Como ir do aeroporto ao centro da Cidade do México - Saída de táxis

Dia 2 – Paseo de la Reforma e Bosque de Chapultepec

A sugestão é reservar o segundo dia para passear pelo Paseo de la Reforma e pelo Bosque de Chapultepec, visitando os principais pontos desta região: o Museu Nacional de Antropologia (onde você irá encontrar um grande acervo das civilizações antigas mexicanas – inclusive o calendário azteca), o Castelo de Chapultepec e o Museu Nacional de História.

Museu Nacional de Antropologia - Detalhes da Pedra do Sol Asteca

A sugestão do roteiro completo você encontra nos posts indicados abaixo:

O Bosque de Chapultepec na Cidade do México: De castelo a museus

Museu Nacional de Antropologia da Cidade do México

Se você estiver hospedado na Zona Rosa ou perto do Paseo de la Reforma, poderá aproveitar todo esse dia sem depender de transporte público ou táxis 🙂

Roteiro pelo Bosque de Chapultepec - Fontes do castelo

Dia 3 – Ruínas de Teotihuacán e a marcante Basílica de Guadalupe

Visitar o Museu Nacional de Antropologia antes de conhecer Teotihuacán é fundamental para compreender melhor o contexto dessas civilizações pré-hispânicas. Como o passeio não costuma durar o dia todo (a não se que você queira, claro :P), ainda é possível conjugá-lo com outro lugar icônico da Cidade do México: a Basílica de Guadalupe.

Como ir a Teotihuacán - Basílica de Guadalupe quase sem turistas

Todos esses passeios podem ser feitos tranquilamente por conta própria usando apenas transporte público. A ideia é ir primeiro a Teotihuacán, evitando a leva de turistas que aporta por lá no período da tarde. Claro que, se você preferir pela comodidade, também é possível contratar uma agência de receptivo local.

Leia também:

Como ir a Teotihuacán por conta própria?

Por que você deve conhecer Teotihuacán, o tesouro perdido?

Basílica de Guadalupe: um espaço dedicado à fé na Cidade do México

Como ir a Teotihuacán - Vista da Pirâmide da Lua sem turistas

Dia 4 – Conhecendo o Zócalo, o centro histórico da Cidade do México

Outra região marcante da Cidade do México é o Zócalo, também conhecido como Centro Histórico 😉 Nesse ponto, você encontrará vários casarões e construções que contam um pouco do passado da capital. Para visitar os museus, ruínas e mercados, considere praticamente um dia todo para esse passeio como indicamos no post:

Um dia no Zócalo, o centro histórico da Cidade do México

Zocalo Centro Histórico da Cidade do México - Palácio de Belas Artes

Dia 5 – Passeio por Xochimilco e Museo Frida Kahlo

O quinto dia é reservado para muita cor e fortes tradições. A dica é fazer  o passeio pelos canais de Xochimilco de manhã e depois seguir até o tocante Museu da Frida Kahlo.

Todas as informações para fazer esses dois programas você encontra nos links detalhados abaixo:

Passeio de barco pelos coloridos canais de Xochimilco

Museu Frida Kahlo: entrando na mente da artista

Museu Frida Khalo - Viva la Vida

Dia 6 – Compras e museus ou bate-volta até Tula

Vamos considerar este dia como um dia coringa no seu roteiro. Com 4 dias inteiros você consegue conhecer os principais pontos da Cidade do México e arredores, mas se tiver interesse em fazer outros passeios, considere visitar as Pirâmides de Tula, construídas por outra civilização antiga mexicana,  ou ainda ir até a Casa do Trotsky, ao Estúdio Diego Rivera ou ao Museu Soumaya.

Pirâmides de Tula no México - Atlantes de Tula / Guerreiros

Se ainda sobrar um tempinho, você pode fazer algumas compras, seja no bairro de Polanco, seja em alguns de seus shoppings 😉 Nesse caso, reserve algumas horas para passear pela grande loja de departamento El Palacio de Hierro ou caminhar pelo Shopping Antara Polanco, no coração do bairro mais nobre da cidade, um ótimo ponto para compras de marcas mais exclusivas.

Confira as dicas aqui:

Outros museus na Cidade do México

Como economizar nas compras no México com o Tax Free

As Pirâmides de Tula: um bate e volta diferente da Cidade do México

Para curtir a noite na Cidade do México

Veja as nossas dicas de Restaurantes na Cidade do México ou aproveite o clima boêmio dos barzinhos na região do bairro Condesa.

Como foi o seu roteiro pela Cidade do México? Deixe suas dicas 🙂

Clique aqui para conferir todas as nossas dicas e roteiros do México \o/


Ver em um mapa maior

Assine nossa newsletter!

Comentários