“Qual moeda levar para o Peru” foi uma das primeiras dúvidas que tive ao planejar nossa viagem. Isso porque a moeda do Peru, o Nuevo Sol, não é facilmente encontrada para compra nas casas de câmbio aqui do Brasil. Aprenda, então, os “segredos” de como não passar apertos e não perder muito dinheiro com as conversões de moeda estrangeira :)

Qual moeda levar para o Peru?

Já que no Brasil não conseguimos comprar facilmente os Nuevos Soles* (ou simplesmente Soles, como eles dizem por lá), temos de usar algumas estratégias para sacar ou trocar dinheiro no Peru.

* A Soraya comentou que conseguiu comprar Nuevos Soles aqui no Brasil. Confira no final do texto a dica dela :)

100 Nuevos Soles

Leve seu cartão de débito internacional habilitado para saques

Essa é a melhor opção na minha opinião, mesmo depois desse novo aumento do IOF, principalmente se seu banco não cobrar taxas por saque ou se as taxas forem pequenas. Além disso, você já sai com a moeda local e não precisa perder dinheiro nas conversões das casas de câmbio :)

Caixa Eletrônico Union Pay Global Net

Claro que nem tudo é festa. No Peru, os caixas eletrônicos também cobram taxas por saque, além daquelas praticadas pelo seu banco.

Infelizmente você só sabe qual a taxa cobrada já no final da operação de saque, por isso fizemos uma listinha com os valores que pagamos por saque em cada caixa eletrônico para facilitar sua vida :mrgreen:

ATENÇÃO: O Marcelo disse neste comentário que fez saque de notas falsas num caixa da GlobalNet como o da foto. Eu saquei nesses caixas e não tive problemas, mas se for possível evitar, use os caixas de dentro dos bancos ou faça saques menores nesses da GlobalNet.

Taxas por saque no Peru:

Banco de la Nación (caixa vermelho e branco) = Sem taxa (dica da Simone)

BCP = 5,60 soles / 4 reais

BBVA = 14,50 soles / 10 reais

Caixas eletrônicos Global Net = 10 soles / 7 reais

Esses caixas eletrônicos Global Net (com um cartaz escrito Union Pay) eram encontrados no aeroporto, nos hotéis e nos locais turísticos. Parecia ser o Banco 24h deles.

Nota: Esses valores podem variar de caixa eletrônico para caixa eletrônigo. Um leitor comentou que o BCP quis cobrar 13,60 soles para realizar um saque. 

Qual moeda levar para o Peru?

Nova nota de 10 soles

Qual moeda levar para o Peru?

Antiga nota de 10 soles

Quanto sacar por vez?

Uma boa quantia por saque é 400 soles (+- 280 reais), mas isso depende muito de para onde você for (feirinhas e mercados normalmente não aceitam cartões) ou se você prefere gastar tudo em dinheiro. Nós utilizávamos o cartão de crédito sempre que possível e esse valor era suficiente para 3 dias.

Tente fazer saques em valores que não são múltiplos de 100 (por exemplo 390 soles) se o caixa eletrônico permitir para tentar receber pelo menos algumas notas trocadas para pagar taxis e outras miudesas.

Como fazer saques internacionais?

Confira todas as dicas no post: Como usar o cartão de débito internacional

Qual moeda levar para o Peru?

Nova nota de 20 soles

Qual moeda levar para o Peru?

Antiga nota de 20 soles

Leve um pouco de dinheiro em Dólar ou Real para o Peru

Essa é a segunda opção nas minhas preferências, pois em qualquer troca de moeda você sempre sairá perdendo :( Na verdade eu diria que essa opção é o backup necessário caso você não consiga fazer saque com seu cartão de débito ou se você estiver longe de um caixa eletrônico.

Leve o suficiente para 2 ou 3 dias, ou seja, leve aproximadamente 300 reais ou 150 dólares na cotação de hoje. Se você não tiver um cartão de crédito internacional ou o limite for pequeno, é melhor levar mais dinheiro.

Troque o dinheiro nas casas de câmbio ou hotéis

As casas de câmbio têm as melhores cotações em geral e, junto com os hotéis, são a opção mais segura para troca de dinheiro. Mas lembre-se de que apenas notas novas e sem marcas são normalmente aceitas, como a Lu Malheiros conta na caixa de comentários. Isso também me lembrou de que a pessoa que contratamos para fazer os tours em Cusco tinha falado que só notas novas seriam aceitas por ela, pois os bancos podem encanar com notas mais usadas.

No Peru, você encontrará algumas pessoas pela rua trocando dólares, facilmente identificadas pela quantidade enorme de dinheiro que elas mantém nas mãos.

Nunca, jamais troque dinheiro na rua! Além de ter cotações piores, você corre o risco de ser assaltado ou cair em algum golpe.

Alguns lugares e pessoas também podem aceitar dólares como pagamento, mas isso nunca é vantajoso para você.

Dica de casa de câmbio em Cusco: A Ana comentou que conseguiu trocar Reais por Soles a uma taxa bem amigável na Plaza de Armas de Cusco esquina com a Calle del Medio. Segundo ela, no final de Junho a cotação era 1 Real = 1,18 Soles, bem parecida com a cotação do Banco Central que era de 1 = 1,23.

Qual moeda levar para o Peru?

Leve o VTM, CashPassport ou equivalente apenas em último caso

Isso mesmo, esses cartões só são interessantes quando a moeda do cartão é a mesma do local em que você o está utilizando.

Como não há VTM em Nuevos Soles, você perderá duas vezes. Uma na compra da moeda para recarregar seu cartão (cotação do dólar/euro turismo) e outra quando utilizá-lo, pois será feita uma conversão da moeda local para a moeda do seu VTM, sempre na pior cotação possível para você.

Mas, porém, contudo, entretanto, todavia… Se você já tem um VTM com dinheiro, não custa nada levá-lo com você para uma emergência. :)

Qual moeda levar para o Peru?

O que eu faço se sobrar soles comigo ao final da viagem?

Nesse caso, o melhor a se fazer é pagar o último hotel com a maior parte dos soles, pois pior que perder dinheiro na compra de uma moeda, é perder na venda.

Mas não gaste tudo no hotel, já que você ainda pode precisar pagar o transporte até o aeroporto e pode acontecer algum imprevisto no caminho. Eu sugiro deixar uns 100 soles de reserva até você chegar no aeroporto. Chegando lá, gaste todo o dinheiro que sobrou, principalmente as moedinhas, no free shop local. Assim, você gasta todo o dinheiro que havia sobrado e ainda traz uma lembrancinha para mim :mrgreen:

Dicas

A Soraya comentou que consegui comprar Nuevos Soles no Banco Safra do Rio de Janeiro pela cotação de 1 Real = 1 Nuevo Sol. Não é uma cotação muito boa, já que teoricamente 1 Real = 0,82 Nuevo Sol hoje, mas é a mesma cotação de se trocar Reais por Nuevos Soles no Peru, com a vantagem de não precisar parar para trocar dinheiro :) Fica aí a dica para quem quer levar um pouco de Nuevos Soles para alguma emergência.

Você tem alguma técnica especial para a trocar moedas em países como o Peru?

Teve algum problema ao tentar sacar ou trocar dinheiro por lá?

Deixe suas dicas nos comentários :D

Clique aqui para conferir todas as nossas dicas e roteiros do Peru \o/

Se gostou do que viu, assine o blog!


    169 Comentários
  1. Nas lojas de maneira geral o cartão é aceito? e o Cartão TRAVEL em dólares ou em euros? Vou em novembro e não acho solar para comprar, parece que peruanos não veem ao Brasil e se aqui chegam, tazem dolares ou reais :-). Aceitam dolares para entrar no sitio de Machu Pichu? quanto é?

    • Oi Rose.

      Lojas maiores sim, mas lojas pequenas e barraquinhas de artesanado dificilmente vc conseguirá pagar em soles. Esses cartões tipo travel money teoricamente funcionam, mas eles vão converter de soles para dólar/euro como eu explico no post.

      O ingresso de Machu Picchu é melhor comprar adiantado e em soles. Algum locais até aceitam dólar, mas a cotação nunca é boa :(

      Eu acho que a melhor maneira é sacar dinheiro ao chegar no peru e depois trocar dólar por soles. Real só se vc achar um lugar que tenha cotação boa.

  2. Vou sozinho a Cuzco em Novembro, pensei no seguinte roteiro para os passeios e gostaria de saber se é possível:
    1o. e 2o. dias(segunda e terça-feira) em Cuzco, e museus.
    3o. DIA. Tour de um dia por alguns dos locais citados acima, no Vale Sagrado, com pernoite em Ollantay.
    4o. DIA. Conhecer Ollantay e arredores, ao final da tarde trem para Aguas Calientes e pernoite.
    5o. Dia. Águas Calientes/Machu Pichu
    6o. Dia. Águas Calientes/Machu Pichu, retorno a Cuzco no final da tarde.
    7o. e 8o. dias – Cuzco e arredores, incluindo algum outro passeio.

    *Não incluí no roteiro o dia da chegada nem o da partida.

    Abraço!

  3. Vou para o Peru com minha mae, partindo de casa no dia 9 de dezembro e retornando no dia 17. Quanto de dinheiro voce recomenda que eu leve para passar esses dias? E seria melhor em real ou dolar? Obrigada desde ja!

    • Oi Juliana.

      Essa pergunta tá respondida no post :) Mas eu sempre acho melhor sacar em moeda local quando possível.

      Sobre o valor, depende muito do que você vai fazer ou gastar. Como eu explico, nós sacávamos 400 soles e dava para 2 ou 3 dias sem problemas para 3 pessoas. Pense assim, quanto você gastaria em reais aqui no Brasil por dia? transforme em soles e pronto :) Você provavelmente ainda vai gastar menos que isso, pois as coisas lá são mais baratas que por aqui.

  4. Na falta de Soles , leve Dolares , a segunda moeda oficial do Peru , a maioria dos estabelecimentos aceita , e grandes lojas ainda te dao troco em Dolares , ou Soles , como preferir . Para fazer a troca de Dolares por Soles , pode trocar na rua , ou ate mesmo nas pequenas casas de cambio existentes pelas ruas da cidade , claro , sempre perguntando pela melhor taxa de cambio do dia . Trabalho aqui , em Lima , e existem varias opcoes . 18/12/2013

    • Obrigado, Gilberto. Eu também acho que levar Dólar é melhor que real, mas já trocar nos doleiros na rua eu não acho muito seguro :P

  5. Tenho que agradecer aos posts maravilhosos feitos aqui!
    Aprendi muita coisa sobre como agir no Peru, aonde ir, o que fazer, enfim…

    Viajo em março deste ano, logo após o carnaval. Então a correria já começou.

    Uma das ajudas importantes que li aqui foi saber sobre a moeda. E a dica da Soraya foi ótima.
    Fui ao Banco Safra trocar meus reais por soles. O câmbio atualmente flutua entre 1,03 a 1,06 reais para 1 nuevo sol.
    Da primeira vez troquei os soles no Aeroporto Internacional Tom Jobim – Galeão – Rio de Janeiro e lá paguei 1,03 soles e consegui uma isenção da taxa administrativa. Paguei apenas o IOF da operação.

    Já no dia de ontem, fui no Banco Safra do Shopping Downtown (Barra da Tijuca). O câmbio era 1,05, mas como aprendi aqui que tudo no Peru deve ser negociado, resolvi treinar negociações ainda no Brasil. Consegui a moeda por 1,02 e como troquei dólar também, paguei apenas uma taxa de R$ 12,50 mais IOF sobre as operações. Também consegui desconto no dólar. Pechinche!

    Espero ter ajudado.

    Abraços!

    • Oi Jéssica.

      Obrigado pelo elogio e ficamos felizes em ajudar.

      Só que esses soles estão carinhos, hein! a cotação é de 0,83 reais pra cada Nuevo Sol :( Mas tem toda a questão de ser difícil conseguir Nuevos Soles, etc. Será que não sai mais em conta sacar por lá, mesmo com os 6% a mais de IOF?

      Pq se vc considerar 0,90 + 6% = 0,95 que ainda é 7 centavos mais barato que o valor que vc pagou. Claro, a comodidade de já chegar lá com dinheiro ajuda bastante e eu compraria um pouco pelo menos se tivesse por aqui ;)

      Agora, como exploram a galera com essas moedas mais difíceis de encontrar, hein :(

    • Que legal Jessica também estou indo agora em março vou dia 12 e volto dia 17, primeira vez que vou pra lá estou bem ansioso! Você vai que dia?

    • Que legal, Felipe :D

      Depois, por favor, volte aqui para nos contar como foi a sua viagem

    • Legal, Felipe!
      Já estou em Cusco, hospedada no Centro, hoje a noite parto para Águas Calientes.

      Passei mal ontem a noite quando cheguei. Estava tudo bem até eu sair depois de horas de descanso e caminhar 5 minutos. Repouse bem!

    • Jéssica,

      então amanhã deve ser o grande dia de conhecer Machu Picchu?

      vai ser lindo :D

  6. Pessoal, fui no final do ano para Lima e voltei há 2 semanas. Na época do planejamento da nossa viagem vimos que não era vantagem trocar real por soles e sim comprar dólar aqui e lá trocar por soles!
    É bom ficar de olho na cotação do dólar lá, pois compramos aqui na cotação de R$2,40, mas lá teve dia que o dólar estava a $2,80 (soles)! Ou seja tive mais soles na mão do que se tivesse trocado aqui real por soles!!!
    Lá todos os estabelecimentos aceitam pagamento em dólar, mas alguns fazem a sua própria cotação. Para trocar achei tranquilo e indico a rede de supermercados Metro, que trocam na cotação do dia ou com doleiros identificados que ficam praticamente em cada esquina (não tivemos problema com notas falsas). Acho válido também como dica, estando lá, trocar aos poucos, tipo 100USD por vez, pois além de aproveitar a cotação do dia, se sobrar, vc fica com dólares na mão e voltar com dólares é bem melhor do que voltar com soles! ;)

    • Obrigado Tamiris :)

      É bom saber que o dólar tem uma cotação interessante por lá, fica mais uma opção pra quem está na dúvida do que levar :)

  7. eu muero en peru i nuenca achei um nuevo sol. onde eu encuentro?

  8. 1 5 6 7
Deixe seu Comentário

    Pingback e Trackback
  1. [...] no escritório da COSITUC (Av. El Sol, 103) bem pertinho de uma agência do BCP caso tenha de sacar dinheiro. Na época, a taxa cobrada pelo BCP para saque estrangeiro era de 5,60 Nuevos Soles, cobradas além [...]

  2. […] que antes eram a melhor opção para moedas que não são vendidas aqui no Brasil (como os Nuevos Soles do Peru), passaram a ser uma incógnita. Eu vou continuar a fazer o saque em moeda local no exterior, mesmo […]

  3. […] no Brasil é muito difícil encontrar uma casa de câmbio que venda Nuevo Sol, a moeda peruana, tendo dólar e o cartão de débito com a função saque internacional […]