“Qual moeda levar para o Peru?” foi uma das primeiras dúvidas que tive ao planejar nossa viagem. Isso porque a moeda do Peru, o Nuevo Sol / Novo Sol, não era facilmente encontrada nas casas de câmbio aqui no Brasil. Aprenda, então, os “segredos” de como não passar apertos e não perder muito dinheiro com as conversões de moeda estrangeira 🙂

Qual moeda levar para o Peru?

Como comprar moeda estrangeira com as melhores taxas?

Para ajudar ainda mais nossos leitores, o Sundaycooks passou por um longo e detalhado credenciamento para nos tornarmos correspondentes cambiais da Confidence. Isso significa que podemos vender qualquer moeda estrangeira disponível com toda a segurança e confiança que a Confidence oferece, mas com uma vantagem: nossas taxas são melhores até que o próprio site da empresa, tudo para que vocês possam economizar ao máximo 😀 Veja mais detalhes abaixo:

Como comprar moeda estrangeira com desconto e as melhores taxas?

100 Nuevos Soles

Novas dicas

Quando criei este post, o real estava bem valorizado em relação ao novo sol, contudo, nossa moeda se desvalorizou bastante e os bancos e o governo mudaram algumas de suas regras e valores para o saque internacional. Um exemplo é a incidência de 6,38% de IOF sobre todo tipo de cartão (crédito, débido ou VTM/Pré pago), exceção à compra de papel moeda que aumentou de 0,38% para 1,1% este ano. Além disso, fiz um teste e saquei euros pelo Itaú na Europa e achei a cotação terrível indicando uma tendência entre os bancos de se aproveitarem desse momento instável do câmbio que já dura por vários meses.

Juntando isso ao fato de que, como correspondente cambial da Confidence, conseguimos negociar uma taxa ótima para nossos leitores, era hora de atualizar este post e rever as melhores opções de moeda a levar para o Peru.

Devo levar dólares, novos soles ou real para o Peru?

A cotação do novo sol está cada vez melhor, pois a moeda ganhou popularidade com o aumento de pessoas viajando para o Peru nos últimos anos e eu gosto de pensar que muito disso foi graças aos posts aqui do Sundaycooks :mrgreen:

Essa popularização faz com que a cotação da moeda baixe pela maior oferta e concorrência entre as casas de câmbio. Com mais brasileiros viajando para lá, a troca do real nas casas de câmbio peruanas fica mais fácil, entretanto a desvalorização da nossa moeda faz com que essa transação não seja tão vantajosa.

Eu sempre digo que é melhor levar um pouco de cada opção em qualquer viagem, ou seja, leve dólar, novo sol, cartão de crédito e cartão de débito para o Peru. Mas quanto de dólar ou de novo sol devemos comprar? Ou será que vale levar apenas uma moeda como dólar ou novo sol?

Levar dólar ou novos soles?

Calcular a melhor opção depende muito das cotações do momento da compra e do momento da troca se for o caso. Uma notícia ruim em qualquer dos países pode significar uma diferença grande nas conversões e encontrar cotações exatas de casas de câmbio no Peru é algo impossível e difícil de monitorar por aqui 🙁 Mesmo assim, encontrei um site com a cotação das casas de câmbio peruanas e vou usá-lo como base para os cálculos.

A ideia aqui é comparar quantos novos soles conseguiríamos ao trocar 1.000 dólares no Peru e quanto custaria para nós a compra dos mesmos dólares e novos soles aqui no Brasil. Assim conseguimos saber se vale a pena levar mais dólar ou mais novos soles na sua viagem à Machu Picchu, Cusco, Arequipa ou qualquer das outras cidades peruanas 😛

  • No Peru
    • 1.000 dólares = 3.367 novos soles (1 dólar = 3,367 novos soles)
  • No Brasil
    • 1.000 dólares = 3.345 reais (1 dólar = 3,345 reais)
    • 3.367 novos soles = 4.007 reais (1 novo sol = 1,19 reais)

Em outras palavras 1.000 dólares-brasil = 3.345 reais e esses dólares ao serem trocados no Peru te dariam 3.367 novos soles.

Valores de 08/09/2016 às 10h para o papel moeda já incluindo o IOF de 1.1%.

Nessa cotação, ao levar dólares e trocar por novos soles no Peru, cada 1 novo sol sairia a praticamente 1 real, ou seja, uma economia de 19 centavos por novo sol caso a compra deles seja feita aqui no Brasil (e isso considerando a nossa cotação que é a melhor que eu já vi para essa moeda).

Levar dólar é mais vantajoso!

É claro que levar novos soles é mais prático e evita perder tempo trocando dinheiro, mas a diferença é considerável. Por isso a dica é: leve alguns novos soles para os primeiros momentos no país (300-400 é uma boa quantia) e leve o resto em dólares, fazendo as trocas sempre aos poucos (100-150 dólares por vez) para evitar que sobrem novos soles ao final da viagem.

Lembre-se de que levar muito dinheiro vivopode te deixar preocupado ou inseguro (mesmo nos EUA), por isso tenha seu cartão de crédito ou de débito habilitados para utilizá-los quando o dinheiro estiver acabando 🙂 Tome sempre cuidado básicos de segurança.

O que eu faço se sobrar soles comigo ao final da viagem?

Nesse caso, o melhor a se fazer é pagar o último hotel com a maior parte dos soles, pois pior que perder dinheiro na compra de uma moeda, é perder na venda.

Não gaste tudo no hotel, já que você ainda pode precisar pagar o transporte até o aeroporto e pode acontecer algum imprevisto no caminho. Eu sugiro deixar uns 100 soles de reserva até chegar no aeroporto. Já no aeroporto, gaste tudo que sobrou, principalmente as moedinhas, no free shop local. Assim, você usa todo o dinheiro que havia sobrado e ainda traz uma lembrancinha para mim :mrgreen:

Dicas

O Sundaycooks agora é correspondente cambial da Confidence, ou seja, você pode comprar Nuevos Soles, Dólar, Euro e várias outras moedas estrangeiras conosco com toda a segurança e com as melhores taxas 🙂

Se for fazer a troca de uma quantidade considerável de dólares, procure consultar os bancos e peça para fazerem no cambio preferente para tentar economizar um pouco mais.

Você tem alguma técnica especial para a trocar moedas em países como o Peru? Teve algum problema ao tentar sacar ou trocar dinheiro por lá?

******

Abaixo está o conteúdo anterior deste post que em muitos pontos ainda é válido e merece continuar por aqui 😉

Leve seu cartão de débito internacional habilitado para saques

Essa costumava ser a melhor opção, mesmo depois desse novo aumento do IOF, principalmente se seu banco não cobrar taxas por saque ou se as taxas forem pequenas. Além disso, você já sai com a moeda local e não precisa perder dinheiro nas conversões das casas de câmbio 🙂

Caixa Eletrônico Union Pay Global Net

Claro que nem tudo é festa. No Peru, os caixas eletrônicos também cobram taxas por saque, além daquelas praticadas pelo seu banco. Infelizmente você só saberá qual o valor cobrada no final da operação de saque, por isso fizemos uma listinha com os números que pagamos por saque em cada caixa eletrônico :mrgreen:

ATENÇÃO: O Marcelo disse neste comentário que fez saque de notas falsas num caixa da GlobalNet como o da foto. Eu saquei nesses caixas e não tive problemas, mas se for possível evitar, use os caixas de dentro dos bancos ou faça saques menores nesses da GlobalNet. (saques feitos em 2011 e 2014).

Veja no post como evitar pegar alguma nota falsa no Peru:

Como identificar notas falsas de Nuevos Soles no Peru

Taxas por saque no Peru:

Scotiabank = Sem taxa (nós sacamos duas vezes e não nos cobraram)

Banco de la Nación (caixa vermelho e branco) = Sem taxa (dica da Simone)

BCP = 5,60 soles / 4 reais

BBVA = 14,50 soles / 10 reais

Caixas eletrônicos Global Net = 10 soles / 7 reais

Esses caixas eletrônicos Global Net (com um cartaz escrito Union Pay) eram encontrados no aeroporto, nos hotéis e nos locais turísticos. Parecia ser o Banco 24h deles.

Nota: Esses valores podem variar de caixa eletrônico para caixa eletrônigo. Um leitor comentou que o BCP quis cobrar 13,60 soles para realizar um saque. 

Qual moeda levar para o Peru?

Nova nota de 10 soles

Qual moeda levar para o Peru?

Antiga nota de 10 soles

Quanto sacar por vez?

Uma boa quantia por saque é 400 soles, mas isso depende muito dos lugares que você pretende passar (feirinhas e mercados normalmente não aceitam cartões) ou se você prefere gastar tudo em dinheiro. Nós utilizávamos o cartão de crédito sempre que possível e essa quantia era suficiente para 3 dias.

Tente fazer saques em valores que não são múltiplos de 100 (por exemplo 390 soles), se o caixa eletrônico permitir, para tentar receber pelo menos algumas notas trocadas para pagar táxis e outras miudezas.

Como fazer saques internacionais?

Confira todas as dicas no post: Como usar o cartão de débito internacional

Qual moeda levar para o Peru?

Nova nota de 20 soles

Qual moeda levar para o Peru?

Antiga nota de 20 soles

Leve um pouco de dinheiro em dólar ou real para o Peru

Essa é a segunda alternativa 🙁 Eu diria que essa opção é o backup necessário caso não consiga – ou não queira – fazer saque com seu cartão de débito ou se estiver longe de um caixa eletrônico. Leve o suficiente para 2 ou 3 dias, ou seja, aproximadamente 300 reais ou 150 dólares. Se você não tiver um cartão de crédito internacional ou o limite for pequeno, é melhor levar mais dinheiro.

Troque o dinheiro nas casas de câmbio ou hotéis

As casas de câmbio têm as melhores cotações em geral e, junto com os hotéis, são a opção mais segura para troca de dinheiro. Lembre-se de que apenas notas novas e sem marcas são normalmente aceitas, como a Lu Malheiros conta na caixa de comentários. Isso também me lembrou a agência local em Cusco tinha falado que só notas novas seriam aceitas, pois os bancos podem encanar com as mais usadas e antigas.

No Peru, você encontrará algumas pessoas pela rua trocando dólares, facilmente identificadas pela quantidade enorme de dinheiro que elas mantém nas mãos. Nunca, jamais troque dinheiro na rua! A cotação é normalmente mais tentadora, entretanto há sempre o risco de ser assaltado ou cair em algum golpe, pois já vimos muitas pessoas recebendo notas falsas de soles dos cambistas :/

Alguns lugares e pessoas também podem aceitar dólares como pagamento, mas isso nunca é vantajoso para você 🙁

Dica de casa de câmbio em Cusco: A Ana comentou que conseguiu trocar reais por soles a uma taxa bem amigável na Plaza de Armas de Cusco, esquina com a Calle del Medio. A Tamiris disse que nos supermercados Metro também têm cabines de troca de dinheiro e que os valores lá são melhores que as casas de câmbio de Miraflores. Vale a pena dar uma conferida 🙂

Vale a pena levar real ou dólar? Qual tem a melhor cotação em nuevos soles?

Vários leitores passaram aqui para deixar as cotações médias que encontraram em cada cidade do Peru. Por isso eu resolvei fazer uma lista que deveria ser atualizada com frequência. Claro que as elas podem variar dia a dia e, por isso, podem ficar desatualizadas rapidamente.

O ideal é, pelo menos, conseguir identificar as cidades que têm as melhores cotações e poder decidir se vale a pena levar dólar ou real para o Peru, já que trocar soles por pode não ser uma boa opção.

Decidir qual é a melhor moeda depende muito da cotação do dólar que você conseguir encontrar, por isso deixo aqui uma conta simples que espero que ajude nessa hora da decisão. Lembrando novamente que foi tudo feito com base nos valores mais atuais que nossos leitores passaram 🙂 O dólar também é interessante se você for para lugares mais ermos do Peru como Chivay no Valle del Colca, pois nesses lugares o real pode não ser aceito.

  • Lima
    • 1 real = 0,85 soles
    • 1 dólar = 2,95 soles
    • 1 dólar = 3,27 reais
  • Cusco
    • 1 real = 0,92 soles
    • 1 dólar = 3,15 soles
    • 1 dólar = 3,27 reais

Como podem ver, a cotação de Lima é normalmente pior que a de Cusco 🙁

Para nossas continhas, tomemos como base 500 soles. Quanto precisaríamos gastar em reais se quisermos levar só real ou dólar (que será comprado em reais)?

  • Lima
    • Levando real: 500 soles = 588,24 reais
    • Levando Dólar: 500 soles = 169,49 dólares = 554,23 reais
  • Cusco
    • Levando real: 500 soles = 543,48 reais
    • Levando Dólar: 500 soles = 158,73 dólares = 519,05 reais

De acordo com essas cotações, levar dólar é a melhor opção, pois a perda de real varia de 20 a 30 reais a cada 500 soles ou, 5 a 6% de perdas.

Para os curiosos, essas são as continhas que eu fiz para encontrar o valor dos soles em reais nas duas opções.

  • soles / real
  • soles / dólar * cotação do dólar em real

Última atualização: 21/07/2015.

Qual moeda levar para o Peru?

Leve o VTM, CashPassport ou equivalente apenas em último caso

Esses cartões só são interessantes quando a moeda é a mesma do local em que você o está utilizando.

Como não há VTM em nuevos soles, você perderá duas vezes. Uma na compra da moeda para recarregar seu cartão (cotação do dólar/euro turismo) e outra quando utilizá-lo, pois será feita uma conversão da moeda local para a moeda do seu VTM, sempre na pior cotação possível. Mas, porém, contudo, entretanto, todavia… se você já tem um cartão pré-pago com dinheiro, não custa nada levá-lo para uma emergência. 🙂

Qual moeda levar para o Peru?

Você também poderá gostar

Se gostou do que viu, assine o blog!


    736 Comentários
  1. Ola Ana Priscila, moro em Brasília e temho interesse na compra das suas moedas. Abs

  2. Lumema, meu e-mail é anapriscilamartins@gmail.com. É melhor para tratarmos.

  3. Oi, Isabel, meu e-mail é anapriscilamartins@gmail.com. É melhor para tratarmos.

  4. Oie Fred sobre o comentário do Antonio em 13/06/16, eu gostaria de saber + sobre “N fiz nenhuma montanha, mas fui até Intipunku, que é quase igual e ainda é de graça”.
    O que é Intipunku?
    Obrigada
    Alice

    P.S: Saio de FLN para Cusco em 15/08/16 e estou tirando minha dúvidas por aqui, que tem me ajudado mto.

    P.S2: Meu banco é Itáu e qdo liguei para habilitar a função débito, crédito e saque com a operadora do meu cartão de crédito a atentente me explicou sobre o limite por dia eo limite por semana, respeitando é claro o limite total. Tb me avisou da taxa IOF- cambio de 6,38%.

    Porém pelo que entendi, para ser + barato e não ter que tirar mto $ da minha conta corrente antes de sair do Brasil, devo habilitar também a função débito (saque internacional) com o meu banco/gerente, correto ?
    Meu cartão é multiplo.

    • Oi Alice, sobre o cartão, é essa função do saque internacional que vc precisa habilitar mesmo.

      Hoje eu já não sei se vale a pena retirar da conta corrente no Peru não. Pelo menos no Itaú, o dólar de conversão deles estava péssimo 🙁 Talvez outros bancos estejam melhores.

      Uma coisa que eu notei é que a nossa parceria com a Confidence está dando uma cotação muito boa para o novo sol, centavos melhor que a cotação do próprio site deles! Se quiser que façamos uma cotação, entra no link abaixo e preencha o formulário que nós te passamos o valor 🙂

      Como comprar moeda com desconto e o melhor câmbio? Dólar, Euro, peso, soles e outras

      O único porém é que não é toda loja da confidence que tem a moeda em estoque :/

  5. Oi, Alice.
    Então, eu não consegui ingresso para as montanhas e comprei o pacote básico para MP.
    Mas tem uma outra, na mesma altura da Huayna Picchu, só que não tão íngreme e perigosa.
    Ela chama-se Intipunku ou Porta do Sol e é gratuíta (ainda).
    Por onde ons antigos incas chegavam e justamente onde hoje o caminho inca leva os peregrinos, que fazem todo o trajeto de 4 dias, a pé.
    Sem falar em um outro atrativo por lá e que pouca gente vai: Ponte Inka.
    Joga esses nomes no google e curta muito (é uma boa opção para quem não consegue ingresso para as montanhas).
    Abraço e boa viagem!

  6. Mas que belo artigo hein, bem escrito e a formatação está ótima para à leitura!

  7. Fui sacar no Scotiabank em Cusco e avisou que seria cobrado 15 soles de taxa. A vantagem é que pode sacar em dólar ou soles. Não quis sacar, e fui no Banco de la Nacion sacar. Não avisaram de taxa, mas o saque foi feito no crédito e não diretamente da conta corrente. Ao sacar eu escolhi a função “débito” e depois “cuenta de ahorro”. Mas mesmo assim cobraram no crédito

    • Oi Rodrigo, isso nem é culpa do banco, mas do fato de vc ter usado um cartão multiplo. Esses cartões sempre dão problemas 🙁 Pode ir reclamar no seu banco pra não cobrarem as taxas extras.

  8. Tentei sacar soles em Lima e não consegui em nenhum caixa eletrônico. Na última tentativa veio uma informação pelo celular que o dinheiro havia saído da minha conta e na verdade a máquina NÂO me deu nenhum dinheiro. Tive que ligar rápido para o Banco do Brasil e verifiquei que o dinheiro não havia saído da minha conta, embora o caixa eletrônico tenha informado que havia saído. Foi um estresse. Com o meu marido foi pior. Ele tentou sacar soles e na primeira tentativa o caixa eletrônico informou que a senha estava errada. Ele tentou a segunda vez e nesse instante (embora ele tenha colocado a senha certa) o caixa bloqueou a conta e o cartão dele. Deu a maior dor de cabeça. Por isso minha recomendação é que NÃO usem os caixas eletrônicos de Lima. Já em Cusco não tivemos NENHUM problema. Funcionou perfeitamente. Inclusive a cotação é BEM melhor do que em Lima.

  9. 1 31 32 33
Deixe seu Comentário