atualizado em:

Santiago: como ir do aeroporto ao centro?

Experimentamos e respondemos como ir do aeroporto ao centro de Santiago da melhor forma: ônibus, transfer ou táxi

por Fred Marvila outros artigos do autor
atualizado em:

Saber como chegar ao centro de uma cidade a partir de seu aeroporto é uma das primeiras dúvidas que vêm à nossa cabeça. Santiago, no Chile, não foge a essa regra.

Cruzar os quase 30 km que separam o terminal e a região central não é nenhum desafio, mas é melhor conhecer suas opções antes mesmo de sair do Brasil. Esse trajeto costuma ser feito em cerca de 45 minutos.

Para nós turistas, existem algumas opções: transporte público, táxi, aplicativos de transporte e serviços prestados por empresas de turismo. Experimentamos e respondemos como ir do aeroporto ao centro de Santiago da melhor forma 😉

Como ir do aeroporto ao centro de Santiago?

Táxi

A solução mais tranquila e fácil. O uso de táxis para ir do aeroporto ao centro de Santiago é comum, tanto que é possível ver muitos carros próximos dos terminais embarcando e desembarcando passageiros.

Passeios e tours por Santiago:

Sair de táxi do aeroporto e ter como destino o centro fica em torno de 20 mil pesos. Porém, durante nossa passagem por Santiago, notamos algo que pode ajudar a economizar uma grana.

Logo na saída do Free Shop do aeroporto de Santiago existe uma cabine onde é possível contratar o táxi com preço fechado para qualquer lugar da cidade. Assim, dá para chorar um descontinho e sair do terminal com mais tranquilidade. Os táxis tabelados costumam ser melhores e mais seguros do que os comuns. Infelizmente, os turistas ainda são muito visados.

Outra dica é: se for fora do horário de pico e você quiser economizar uns 2 mil pesos, suba até a área de embarque e pegue um táxi que tenha acabado de deixar alguém.

Santiago: como ir do aeroporto ao centro? de carro ou uber

Aplicativos de transporte

O Uber ainda não é legalizado no Chile. Contudo, dá para usar o mesmo aplicativo que você utiliza no Brasil para chamar um táxi e ir do aeroporto para o centro de Santiago.

Funcionando da mesma maneira que nas cidades brasileiras, ao tentar pedir o Uber para sair do terminal, você irá encontrar uma única opção de transporte: “táxi”. Portanto, nada de Uber X, Bag, Black e derivados na capital do Chile.

A vantagem de usar o aplicativo é poder consultar o valor das corridas a qualquer instante e já deixar pago com seu cartão de crédito. Assim, você evita golpes que alguns taxistas mal-intencionados podem tentar aplicar que são, infelizmente, comuns.

Mas atenção: o único aplicativo de transporte legalizado no Chile é o Cabify. Você consegue simular as corridas no site ou no próprio aplicativo. Por exemplo: uma viagem entre o aeroporto internacional de Santiago até o Ibis Providência custa $22,495 pesos.

Carro alugado

Não alugue carro em Santiago. Definitivamente essa não é a melhor maneira de se locomover na capital do Chile

O trânsito de Santiago é como qualquer grande metrópole com algumas nuances da movimentação do Rio de Janeiro como a inversão de sentido de algumas avenidas em determinadas horas do dia.

Por isso, o Waze pode ser sua melhor companhia, dando as melhores dicas para evitar tráfego intenso, desde que você tenha Internet 4G no Chile (descubra como ter internet móvel no país).

Alugar um carro é apenas recomendado para quem quer curtir os arredores e outros pontos próximos de Santiago sem depender de excursões. Porém, se sua ideia é ficar apenas na cidade, é melhor utilizar o transporte público/táxi. Veja ofertas de aluguel de carro de carro aqui.

Santiago: como ir do aeroporto ao centro? de táxi

Transfers / Vans

Como é de costume em todos os aeroportos internacionais, existem empresas de fretamento que fazem o transporte dos turistas em vans / micro-ônibus. No aeroporto de Santiago existe uma empresa de transfer dentro da própria área de desembarque chamada Transfer Delfos. Você pode reservar o transporte com antecedência pelo site ou pelo e-mail ou ainda deixar para contratá-la na hora.

É possível agendar o transfer apenas para ida, apenas para volta ou ida e volta. O valor fica em torno de 6 mil pesos chilenos por pessoa até o bairro Providência.

Dica: considere utilizar o transfer você esteja com muitas malas ou em 2 pessoas no máximo, pois, a partir de 3, o táxi fica mais interessante.

O que fazer no centro de Santiago do Chile: história

Transporte público

Essa é a alternativa mais econômica para ir do aeroporto para o centro de Santiago, entretanto não é a mais rápida ou mais prática. Isso porque provavelmente será necessário fazer uma baldeação do ônibus para o metrô em algum ponto do caminho.

Existem 2 empresas de ônibus que fazem o trajeto do aeroporto ao centro de Santiago: TurBus e a Centropuerto.

Ambas costumam cobrar 1,9 mil pesos por trecho. Como a diferença de preço e qualidade quase não existe, escolha a que sair primeiro.

O ponto dos ônibus fica do lado de fora da área de desembarque do aeroporto e não é preciso comprar as passagens com antecedência, pois há funcionários de ambas as empresas e as saídas são constantes.

Atenção: nenhuma das empresas vai até o centro, elas param nos terminais de Alameda ou Pajaritos. Porém, os ônibus passam por algumas estações de metrô e aqui será necessário fazer a baldeação para seguir viagem. A dica é parar no Terminal Pajaritos, pois ele está no início da linha e a tendência é de que os trens estejam menos cheios.

Somado ao custo dos ônibus, você também vai precisar comprar um bilhete do metrô. Os valores são um pouco confusos pois se alteram conforme o horário (é tipo uma tarifa dinâmica). Confira:

  • Pico (7 hrs às 9 hrs / 18 hrs às 20 hrs): 800 pesos
  • Fora de pico (9 hrs às 18 hrs / 20 hrs às 20:45): 720 pesos
  • Baixo (6 hrs às 7 hrs / 20:45 às 23 hrs): 640 pesos

Os bilhetes podem ser comprados dentro das bilheterias das estações. Não se esqueça que o transporte fica fechado das 23 hrs às 6 hrs.

Leve em consideração que carregar malas no metrô em horários de pico nunca é uma boa ideia.

Essa opção é recomendada para quem não está com muitas malas, está hospedado perto de alguma das paradas do ônibus ou está em uma viagem mais econômica 😉

Assine nossa newsletter!