atualizado em:

Os caminhos de Freud em Viena

Além do reconhecido trabalho na psicanálise, você sabia que Sigmund Freud viveu grande parte da sua vida em Viena?

por Leonardo Neves outros artigos do autor
atualizado em:

Sigmund Freud foi o pai da psicanálise e responsável por tratados científicos que marcaram o final do século 19 e começo do século 20. Você sabia que Viena, na Áustria, foi pano de fundo para o desenvolvimento de grande parte desse complexo trabalho na busca pelo entendimento da nossa mente?

Muitos locais por onde o psicanalista passou, principalmente no chamado 9º distrito da capital austríaca, podem ser visitados até hoje. Museus, parques e cafés entre outros locais que fizeram parte de sua vida estão ao alcance de qualquer viajante.

Em março passado, a Netflix lançou uma série meio ficcional meio histórica chamada Freud cujo enredo busca desvendar casos misteriosos em Viena. Quer embarcar nessa aventura analítica e descobrir os cenários que marcaram a história? Siga esse post 😉

roteiro de freud em viena austria 11

Reserve seus passeios

Tours selecionados em Viena:

 

Breve história de Freud

Freud nasceu em 6 de maio de 1856 em Příbor, na antiga República Tcheca, mas sua família se mudou para Viena logo cedo quando ela tinha apenas 2 anos.

Aos 17 anos ingressou no curso de medicina da Universidade de Viena, mas costumava a se dedicar mais às pesquisas científicas do que propriamente aos estudos focados na área. Um presságio do que estava por vir em sua carreira.

Depois de formado, Freud trabalhou no Hospital Geral de Viena onde passou por vários departamentos até viajar para a França para atuar ao lado de Jean-Martin Charcot, um dos maiores nomes da psiquiatria e da neurologia.

De volta a Viena, o psicanalista passou a atender mais pessoas com problemas neurológicos. Dessa experiência, surgiram seus primeiros artigos e publicações que ganharam notoriedade e Freud começou a lecionar na mesma universidade onde se formou.

roteiro de freud em viena austria 10

O médico passou a atender pessoas em um divã clássico e pavimentou o caminho para os tratamentos psicológicos como são feitos até hoje. Porém, enquanto a reputação de Freud crescia no exterior e suas teorias ganhavam força, os nazistas, que estavam prestes a dar o estopim para a Segunda Guerra Mundial queimavam seus livros por sua descendência judia.

Dessa forma, o psicanalista foi obrigado a abandonar Viena aos 82 anos, em 1938. Freud então buscou refúgio em Londres, onde morreu com uma overdose de morfina que utilizava para tratar as dores causadas por um câncer.

roteiro de freud em viena austria 08

A trajetória de Freud em Viena

Conheça os principais locais que marcaram a vida desse grande pesquisador e complemente seu roteiro por Viena.

Sigmund Freud Museum

O Sigmund Freud Museum, construído em 1891, foi casa e consultório de Freud em Viena por 47 anos. A maior parte das suas obras foi produzida por aqui.

Desde a década de 1970, o espaço foi convertido em um museu dedicado ao psicanalista, onde é possível conhecer um pouco mais sobre seu trabalho e sua vida. Além disso, o museu expõe itens pessoais além de abrir para visitações seu antigo quarto.

Anexado ao museu está a maior biblioteca de psicanálise da Europa, com cerca de 35 mil livros e o instituto de pesquisa dedicado ao profissional. O espaço passou por reformas e devendo ser reaberto agora no fim de maio.

Depois das obras de restauro, as instalações do museu ganharam um elevador que chega a todos os andares, uma nova estrutura da loja e biblioteca no térreo e novas salas abertas para visitação.

Sigmund Freud Museum

  • Endereço: Rua Berggasse, 19 – 9º Distrito. Site
  • Datas e Horários: de segunda-feira à domingo, das 10h às 18h
  • Ingressos: adultos: 9 euros

roteiro de freud em viena austria 09

Parque Sigmund-Freud-Park

Localizado em frente a uma das igrejas mais conhecidas do 9º distrito de Viena, o Sigmund-Freud-Park não tinha esse nome quando foi aberto em 1870.

Em 1984 as áreas verdes do parque receberam o nome de Sigmund Freud em homenagem ao psicanalista que passeava pelo local em seus raros momentos de pausa. Além de uma grande área verde para sentar na grama e fazer um piquenique, o parque tem ainda espreguiçadeiras para relaxar. O acesso é gratuito.

Parque Sigmund-Freud-Park

  • Endereço: rua Universitätsstrasse, 6 – 9º distrito.

Bellevuewiese

A Bellevuewiese, a primeira vista, parece ser apenas um belo local para um pique-nique, com um linda área verde e uma uma excelente vista de Viena.

Porém, a grande vantagem do parque é a ligação com Sigmund Freud. Dizem que o psicanalista passava muito tempo no parque. Aliás, é essa presença constante que rendeu um memorial de pedra dedicado a Freud dentro do Bellevuewiese.

Bellevuewiese

  • Endereço:rua Himmelstrasse, 115 – 19º distrito

roteiro de freud em viena austria 02

Sigmund Freud University (SFU)

Imagine só: o trabalho de Freud foi tão reconhecido que ganhou até uma universidade com o seu nome em Viena.

A SFU foi fundada em 2003 e tem como especialidade, já dá até para imaginar, pesquisas aprofundadas em psicanálise e psicologia.

Obviamente, quando falamos de um campus universitário as visitações podem ser limitadas à algumas áreas e horários restritos, mas se você é muito fã desse tema vale tentar visitar e ver a estrutura dedicada ao psicanalista mais famoso do mundo.

Sigmund Freud University

  • Endereço: praça Freudplatz, 1 – 2º Distrito. Site

Café Landtmann

O Café Landtmann era o local que Freud visitada nas noites de verão, um daqueles lugares em que todos nós visitamos esporadicamente para relaxar a mente (todos nós temos um Café Landtmann).

Além disso, Anna von Lieben, conhecida nas obras do psicanalista como Cäcilie M., morava à sua época no primeiro andar do palácio Lieben-Auspitz que fica bem em frente ao café visitado pelo psicanalista.

Coincidência?!! Acho que não!

Café Landtmann

  • Endereço: rua Universitätsring, 4 – 1º Distrito. Site
  • Datas e Horários: de segunda-feira à domingo, das 7h30 à meia-noite

roteiro de freud em viena austria 01

Café Central

Se o café Landtmann era o local que Freud visitada nas noites de verão, o Café Central era o escolhido pelo psicanalista para as noites mais geladas de inverno.

Além de Freud outras figuras marcantes como Trotsky, os poetas Polgar, Zweig e Altenberg (diz a lenda que ele não pagou a conta), costumavam frequentar o espaço que serve pratos tradicionais de Viena, além de café e doces.

O Café Central fica no Palácio Ferstel, por isso, entrar e tomar um café no Central é uma imersão na arquitetura austríaca.

Café Central

  • Endereço: rua Herrengasse, 14 – 1º distrito Site
  • Datas e Horários: de segunda à sexta, das 8h30 às 17h30 e aos sábados e domingos das 10 hrs às 17h30.

roteiro de freud em viena austria 13

Universität Wien

A Universität Wien é a universidade que Freud frequentou quanto ainda adolescente e onde se formou em medicina. No hall está um busto de Sigmund Freud erguido em 1955. O monumento remete ao anos de 1885 a 1934, o período no qual o psicanalista atuou como professor universitário.

Universität Wien

  • Endereço: rua Universitätsring, 1 – 1º Distrito. Site
  • Datas e Horários: de segunda à sexta-feira: das 9h às 22h; aos sábados, das 10h às 18h e fechado aos domingos.

roteiro de freud em viena austria 06

Viktor Frankl Museum

O Viktor Frankl Museum, como o nome indica, é dedicado ao psicanalista de mesmo nome e um dos pupilos de Freud.

Frankl era a definição de um prodígio na área. Com 15 anos, após assistir uma série de palestras, ele escreveu um artigo e enviou para o próprio Sigmund Freud que, de tão impressionado com o jovem, publicou o material em seu jornal de psicanálise.

O trabalho de Frankl se tornou notório e é um dos mais respeitados na psicanálise e, assim como Freud, é de Viena. Por isso, sua antiga casa na cidade austríaca foi convertida em um museu em 2015. Apesar de pequeno, o espaço conta com detalhes a trajetória de Frankl.

Apesar de não ser ligado diretamente ao Freud, vale a visita no museu para entender ainda mais sobre o mundo da psicanálise.

Viktor Frankl Museum

  • Endereço:  rua Mariannengasse, 1/15 – 9º distrito Site
  • Datas e Horários: segunda, sexta e sábado: 13 hrs às 18 hrs. Fechado nos demais dias,
  • Ingressos: 8 euros

Assine nossa newsletter!

Comentários