Contratar um despachante ou não é uma dúvida que nós viajantes temos quando precisamos tirar um visto, seja de turismo, negócios ou estudo.

Dicas de como agir na entrevista para o visto americano e uma lista de despachantes no Brasil

despachantes visto entrada turismo negocios estudo

Enquanto alguns vistos são tarefa simples de conseguir, outros, como o visto americano, são bem complicados. E tendo esses vistos mais complicados em mente, eu pergunto:

Você acha que vale a pena usar o serviço de despachante para tirar vistos?

A minha experiência com despachantes foi boa.

Quando tirei meu visto para os EUA pela primeira vez em 2006, utilizei o serviço de despachante pois seria pago pela empresa. Gostei do serviço já que não tive de me preocupar muito se havia preenchido todos os dados corretamente, ou se estavam faltando documentos. O despachante conferiu tudo e me ajudou a preencher os formulários da maneira mais indicada para facilitar a obtenção do visto.

Quando a Natalie foi tirar o dela em 2008, resolvi utilizar os serviços do mesmo despachante. Novamente fomos bem atendidos e orientados e ela conseguiu o visto sem problemas.

O preço do despachante é o fator que mais pesa, já que normalmente é bem salgado (R$ 590,00 reais para a minha renovação em 2011). Mas apesar de achar muito caro, a tranquilidade de ter certeza de que tudo estava preenchido corretamente e que estavamos com todos os documentos necessários valeu a pena. E o visto americano hoje dura 10 anos, o que ajuda a diluir esse valor :mrgreen:

Eu acho que vale a pena, pelo menos para tirar o primeiro visto desses países mais complicados, já que renovações tendem a ser mais tranquilas.

E você, já contratou um despachante? Ou tirou seus vistos por conta?

Para outros países como o Canadá, Austrália e China, será que é interessante contratar um despachante?

Se gostou do que viu, assine o blog!


    247 Comentários
  1. Eu tirei o visto canadense em out/2010. Na época, não existia o VAC.

    Aproveitei que minha irmã estava tirando o dela p/ fazer intercâmbio e mandei tudo (documentos e formulários) pela mesma agência que providenciou a papelada dela p/ o intercâmbio. Neste caso, valeu a pena.

    Pelo que li, achei o VAC um espécie de despachante “oficial” p/ quem mora em SP, Rio ou, DF, o que não serviria pra mim (moro em João Pessoa).

  2. Estou tirando o meu visto pela primeira vez, e contratei um despachante, o legal é que você não se preocupa com nada, ele faz tudo. Ele me cobrou R$ 480,00. Deixa eu tirar uma dúvida com vocês, quais os documentos que precisam anexar? IR? Isso é para comprovar que tem condições de ir aos EUA?

    • Oi Diego.

      Então, o despachante vai lhe explicar tudo que você precisa levar obrigatoriamente e, se for bom mesmo, até o que é extra só por garantia.

      A idéia é basicamente provar que você tem vínculos fortes aqui no Brasil (casa, carro, emprego fixo, casamento, filhos, etc) e condições de se manter por lá (IR, hollerith, extrato bancários, etc). Então a dica é levar o máximo desses documentos que você tiver.

      Na maioria das vezes eles nem pedem nada (nada me tira da cabeça que eles já sabem quem vai passar ou não quando vc chega pra entrevista), mas se pedirem, você já tem como comprovar tudo.

      No caso de esposas/maridos e filhos irem tirar o visto sozinho, é bom levar os documentos do marido/esposa ou responsáveis por bancar a viagem.

      É isso. Qualquer dúvida é só falar :)

  3. Boa noite,
    Thyago Portela tem como você me passar o telefone desse despachante que fez a documentação para você ??

    Obrigado.

  4. Boa noite,
    Diego Cabral tem como você me passar o telefone desse despachante que fez a documentação para você ??

    Escrevi o comentário anterior mas confundi quem fez a postagem!

    Obrigado.

  5. Obrigado!!

    Deixa eu só te perguntar outra coisa, o despachante disse que só a carteira de trabalho, holerite dos 3 ultimos meses, e a declaração de isento de IR, ajudava, MAS eu não tenho a declaração de isento, até por que não é necessário prestar conta com a RF se eu não tiver a quota para declarar, não se torna obrigatório, maaas se o consulado pedir, eu tenho que ter pelo menos um documento, certo? Então por medidas de segurança, eu levo uma declaração de que não faço IR devido a não atingir a quota?

    • Oi Diego.

      Neste caso, imagino que você possa levar a declaração da Receita Federal de que não há nada pendente em seu CPF. Imagino que o consulado saiba dessa mudança e esteja ciente desses casos. Converse também com o despachante, pois ele deve ter mais informações a respeito desses casos.

      Mesmo assim eu levaria o maior número de documentos possíveis comprovando sua capacidade de se manter por lá (extratos bancários ajudam nessas horas) e seus vínculos por aqui no Brasil, pois é isso que eles estão mais interessados.

      Espero que isso ajude :)

  6. Rodrigo,
    Tenho sim, e tenho boas referências dele.
    (11) 9901.0838

    É tudo legal!

  7. Valeu Diego, vou ligar para ele hoje ou amanhã.
    Obrigado.

  8. Humm, entendo.

    Eu esqueci de falar, sou cargo comissionado pela assembléia do estado, recebo R$ 1.200,00 tenho o holerite, mas não é carteira assinada, desde Fevereiro/2010, e tenho a carteira assinada há mais de 1 ano com o valor de R$ 1.110,00 de outro emprego (tenho 2 empregos), isso ajuda? Não tenho filhos, mulher, moro com os pais.

    • Oi Diego.

      Eu realmente não temos muito como dizer o que o consulado vai olhar. Nada me tira da cabeça que eles já tem o resultado antes mesmo de você ir à entrevista. Teoria da conspiração total :P

      Mas leve tudo o que for possível, e até o IR dos seus pais, caso eles peçam. Carteira Assinada ajuda também e um comprovante de endereço em seu nome e no nome do seus pais (já que você mora com eles).

      Claro que isso tudo é até exagero e eles podem nem pedir nada no final, mas é melhor previnir, né?

      Espero que corra tudo bem na sua entrevista :D

  9. Ah sim, se duvidar levo até a certidão de nascimento haha, mas eu entendo sim que eles são “chatos”, e como vou gastar $$ com passagem aérea e hotel, prefiro não arriscar. Muito obrigado pela ajuda, depois eu passo aqui e falo o resultado.

    • heheheh boa ideia :D

      Se precisar trocar ideias, é só falar que a gente ajuda no que for possível :)

  10. Cara, boa tarde!

    Qual foi o despachante que você usou Preciso tirar um visto urgente, estou com viagem marcada para dia 31 de janeiro e s´[o consegi agendamento no Rio para o começo de Janeiro. O tempo é suficiente, mas quero agilizar aqui por SP. Obrigado!

    • Oi Luiz.

      O despachante que eu usei é o Jonas de Matos. Pelo tempo você não deve ter problemas mesmo com o visto q já está agendado, mas não sei se eles conseguiriam transferir sua entrevista para São Paulo assim tão em cima. De qualquer forma, liga lá pra eles, quem sabe eles não conseguem :)

      Até,

  11. 1 2 3 4 13
Deixe seu Comentário