Quais cidades visitar no Valle Sagrado? Como os sítios arqueológicos estão distribuídos pela região? O que vale mais a pena conhecer no Valle Sagrado? Qual a diferença entre as diversas ruínas encontradas por lá? Será que são todas do império Inca?

Valle Sagrado - vilarejo

Essa e muitas outras perguntas surgiram durante as minhas pesquisas para essa viagem. Eram muitas dúvidas e quanto mais informação eu buscava, mais confusa eu ficava. O que eu não poderia imaginar eram as surpresas, histórias e belezas que o Valle Sagrado nos reservaria 🙂

O Valle Sagrado dos Incas

Qual é a diferença entre conhecer Ollantaytambo e Pisac, por exemplo? Ao organizar o roteiro da viagem, estudamos a região e dividimos basicamente os sítios arqueológicos e cidades históricas por proximidade, interesse e pelos dias que tínhamos disponíveis para explorar essa área.

Valle Sagrado - Ollantaytambo

Quais cidades históricas formam o Valle Sagrado?

As principais cidades do Valle Sagrado são: Pisac, Ollantaytambo, Maras, Moray, Chinchero, Tipón, Urubamba, além de Andahuaylillas e Calca.

Na verdade, várias cidades e vilarejos próximos a Cusco são consideradas parte do Valle Sagrado, pois os Incas dominaram fortemente essa região e deixaram muitas ruínas por lá.

Valle Sagrado - Salinera de Maras

Como ficou o nosso roteiro pelo Valle Sagrado?

Nós contratamos um tour privado e assim conseguimos negociar todos os passeios com uma agência local de forma que, logo cedo, o guia passava no nosso hotel e já começava o nosso intensivão de história e cultura Inca.

Antes de fechar o negócio, conversamos com a dona da agência e ela sugeriu uma alteração, muito bem vinda, para otimizarmos nosso roteiro e, assim, economizar um dia em Cusco 🙂

Valle Sagrado - Moray

Foi assim que visitamos o Valle Sagrado:

1o. dia: Tipón / Pikillacta / Andahuaylillas / Puca Pucara
2o. dia: Pisac / Sacsayhuamán / Quenqo / Tambomachay
3o. dia: Salineras de Maras / Chinchero / Moray/ Ollantaytambo (daqui seguimos viagem para Aguas Calientes)
4o. dia: Machu Picchu – trilha até Huayna Picchu/ Retorno para Cusco

Leia também:

Onde ficar em Cusco e Machu Picchu?

É possível visitar o Valle Sagrado por contra própria?

Geralmente, os turistas não dispõem de muito tempo para conhecer o Valle Sagrado com mais calma. Alguns não acham necessário ou não curtem muito esse clima de “aula no museu a céu aberto”. Dessa forma, muitos tours coletivos são organizados e oferecidos aos visitantes que acabam optando por passeios que duram apenas um dia e prometem passar por diversas ruínas de forma mais rápida e superficial.

Ao redor da Plaza de Armas em Cusco, é possível encontrar inúmeras agências de receptivo que vendem esses passeios. É fácil e relativamente tranquilo comprar esses passeios sem muita antecedência.

O que eu sugiro é que você peça a indicação de alguma agência legal na própria recepção do seu hotel ou que já chegue em Cusco com algumas agências em mente para não perder muito tempo.

Valle Sagrado - Puca Pucara

Você que fez um passeio em grupo, indica algum agência?

Como foi o passeio? Foi muvucado ou muito corrido para você?

Se você quer conhecer a região com mais calma, recomendamos que tentem organizar um tour privado ou tentar pegar um tour coletivo que faça passeios com mais calma.

No caso dos tours privados, é importante prestar atenção a alguns detalhes:

Mas que menina pentelha! Jura que você foi atrás disso tudo?

Sim. Afinal passaríamos quatro dias viajando pela região de carro com nosso guia. Era importante garantir que a experiência fosse agradável. A Isabel, dona da agência que contratamos, nos enviou todos os detalhes, inclusive com fotos do carro. Também conversamos diversas vezes com ela pelo telefone e ela ainda nos encontrou no nosso hotel no dia da chegada para nos apresentar o guia e explicar direitinho como seria tudo. Posso dizer que fizemos a escolha certa, tanto de roteiro quanto de empresa e de guia 🙂

Não quero passeio com uma galera e nem um tour privado. Existem outras alternativas?

Negociar um preço fechado com um taxista em Cusco e pedir para que ele lhe leve até o local desejado e aguarde seu retorno também é teoricamente viável. Talvez você sinta falta de uma explicaçãozinha aqui e outra acolá, mas é possível. Tenha em mente que o taxista pode lhe dar bolo, portanto esteja preparado para eventualidades.

E alugar um carro, é uma boa ideia?

Você pode alugar um carro em Cusco e fazer seus passeios, mas não conheço ninguém que tenha optado por essa alternativa. Como Cusco tem um trânsito bem melhor que o de Lima, talvez você não tenha dificuldades para dirigir por lá. A maioria das estradas entre as cidades é asfaltada e a sinalização é razoável. Um bom GPS, um mapa das estradas (yep, GPSs costumam não ter todas as estradas entre cidades pequenas) e um pouquinho de cautela, nessas horas, não fazem mal a ninguém 😀

Valle Sagrado - Ovelhas pelo caminho

Alguns guias impressos também citam o transporte público local como uma forma de visitar as cidades da região. Não consigo avaliar o grau de perrengue que essa economia pode oferecer, mas eu não indico essa opção para quem é de coração fraco 😛

Alguém aqui já fez esses passeios de transporte público no Valle Sagrado?

Quero explorar o Valle Sagrado com mais calma, é possível dormir por lá?

Caso você queria prolongar a sua visita, Ollantaytambo é a base ideal para o seu pit-stop entre Cusco e Machu Picchu. Algumas pessoas também dormem em Urubamba antes de seguir para a citadela Inca 🙂

A ordem dos fatores altera o produto? Devo visitar o Valle Sagrado antes ou depois de conhecer Machu Picchu?

Independente da forma como você irá conhecer essa região, seja por conta própria ou de excursão, a ordem dos fatores aqui realmente afeta o resultado.

Pense que todos os seus dias em Cusco e no Valle Sagrado servirão para construir uma base de conhecimento e informações sobre as tradições do império Inca e até mesmo sobre o tumultuado processo de colonização espanhol e que, sem isso, boa parte da magia de Machu Picchu se perderá.

A cada dia, cada novo passeio acrescenta uma nova experiência e novos detalhes, cujo auge será a visita a Machu Picchu.

Por isso, para garantir aquele efeito “uauuu”, eu acho fundamental deixar Machu Picchu para o final da viagem. Controle a ansiedade, pois tudo vai valer a pena e Machu Picchu será a cereja do bolo =D

Eu também diria que visitar os outros sítios arqueológicos depois de Machu Picchu pode diminuir o impacto e o encantamento de cada visita ao Valle Sagrado.

Valle Sagrado - Tambomachay

Abaixo estão os posts até o momento sobre Cusco, Machu Picchu e o Peru em geral:

Quantos dias ficar no Peru?

Onde ficar em Lima e quais os melhores bairros?

Onde ficar em Cusco e Machu Picchu?

Como ir para Machu Picchu

Qual é a melhor época para visitar Machu Picchu?

Ingressos para Machu Picchu: Como comprar e possíveis dúvidas

8 Dúvidas sobre como montar um roteiro de viagem para o Peru

Todas as nossas dicas sobre Cusco

Todas as dicas sobre o Peru

Você tem alguma dica legal do Valle Sagrado para indicar aos leitores

que estão planejando uma viagem para lá?

Se você tiver alguma outra dúvida, é só perguntar

Clique aqui para conferir todas as nossas dicas e roteiros do Peru \o/

Você também poderá gostar

Se gostou do que viu, assine o blog!


    315 Comentários
  1. Gente,
    Boa noite.
    Entrei em contato com agências e guias citados aqui para ver orçamentos. Estou achando Machupicchu caríssimo!, não vou pernoitar, será uma visita bate e volta, pois dei mole e não lembrei que era melhor pernoitar, mas tudo bem. Dentre os guias com carro privado gostei de dois, mas gostaria de mais avaliações sobre os mesmos. Alguém pode ajudar? São Juan Carlos e Ana Karina que li aqui como Karen. Aguardo ansiosa, pois embarco dia 5 e quero deixar isso acertado.
    Obrigada!

  2. Oi Gente!
    Bom dia! Queria parabenizar o blog, tem bastante informação e esta ajudando muito com as pesquisas para viagem.
    Estou montando nosso roteiro para o Peru (Irei viajar com meu marido). Queria sugestões, se a divisão dos dias esta boa. Não sei se preciso de um dia inteiro em Cusco. Tem o que ver?
    O roteiro esta assim:
    1-Chegamos a Lima as 11:00
    2-Lima
    3-Lima
    4-Lima
    5-Lima-Cusco (chegamos a Cusco as 10:00)
    6-Cusco
    7-Cusco – Valle Sagrado
    8-Cusco-Valle Sagrado (dormir em Aguas Calientes)
    9-Machu Picchu
    10- Retorno ao Brasil.
    Obrigada!

    • Oi Beatriz.
      Está bom sim, mas eu tiraria um dia de Lima e colocaria em Cusco para adicionar mais um dia de passeio no valle sagrado (3 dias são o tempo ideal pra mim, sendo o último a ida para Aguas Calientes).

      Eu também manteria o dia em Cusco, principalmente depois da volta de Machu Picchu, pois há alguns lugares interessantes na cidade e porque é uma maneira de descomprimir depois do monte de informação da viagem 😀 E de descansar depois de Machu Picchu se vc for subir Huayna Picchu. Mas esse é o único dia que pode ficar de fora se vc aceitar que ficará cansada para a volta.

  3. Beatriz, venho lendo alguns post’s, pois pretendo fazer uma viagem parecida e estou achando muito corrido o retorno. Sair de Machu num dia e estar pronto prá voltar ao Brasil no outro dia, saindo de Lima.
    Como vc conciliaria os horários de retorno do ônibus, check-out em Águas, trem e avião até chegar a Lima?

  4. Otávio a ideia é dormir em Agua Calientes. No dia seguinte aproveitar Machu Picchu e ao final desse mesmo dia retornar a Cuzco de trem, onde dormiríamos a ultima noite. No dia 10, pegamos um voo Cuzco-Lima-Brasil.

  5. Boa noite!
    Passando para dizer como foi minha viagem. Viajei dia 5/08 e retornei dia 25/08. Foram 20 dias maravilhosos, tirando o problema que tive de saúde (Tive 4 dias de infecção intestinal VIRAL), mas graças a Deus me recuperei. Acho importante que quando vamos sair para um outro país façamos um seguro saúde, fiz e fui muito bem Atendida. Meu roteiro foi o seguinte: Cusco, Lima, Huaraz(infelizmente não conheci nada, foi onde fiquei doente, mas meus amigos adoraram), Trujillo e Chachapoyas.
    Em Cusco contratamos um guia que pesquisei aqui, e posso dizer que foram ótimos, Juan e sua esposa nos atenderam maravilhosamente. Super indico. Os cinco dias foram perfeitos em Cusco, A esposa de Juan e sua sogra que deram aula de história em cada local nos deixou muito feliz, mesmo porque dos 3 viajantes um era professor de História, foram muitas trocas de informações. Os roteiros foram respeitados, nos deixaram bem a vontade. Valeu muito!!!!!

    • Roseana,

      Obrigada pelo relato e que bom que deu tudo certo, apesar do problema de saúde.
      Segura viagem é realmente algo essencial.

      Volte sempre!

  6. Olá boa noite.
    Parabéns pelo trabalho.

    tenho uma dúvida, gostaria de fazer em um dos dias o seguinte roteiro:

    Saída de Cusco para visitar Chinchero, Moray, Salinas de Maras e destino final em Ollantaytambo para pegar o trem das 19 que parte para Águas Callientes.

    É possível? esse percurso é feito de carro ?

  7. Poxa vocês poderia por os valores desses passeios (privativos e em grupos) para as regiões de Valle Sagrado né? E como é que funciona? Vc faz Check in em Cusco por 2 dias (passeio de 1 dia) e no último dia (3 dia ao Valle Sagrado) vc pega um trem e vai a Machu Pichu e dorme lá? Pra subir à cidade sagrada logo cedo e no fim do dia retorna a Cusco para poder ir embora? Algumas dúvidas… rsrsrs

    • Oi Henri.

      É impossível colocar os valores, pois cada agência cobra um preço (já vi de 60 a 150 dólares por pessoa pelo tour privado, por exemplo). O ideal é mesmo entrar em contato com cada agência separadamente para pedir o orçamento.

      O ideal é ir e voltar todo dia ara cusco, menos no dia de Aguas Calientes. Nesse dia, você faz um checkout do hotel em Cusco, mas pode deixar as malas por lá para pegar no dia seguinte quando voltar (ja q para aguas calientes vc nao pode levar muitas malas). Isso é bem comum em Cusco e todos os hotéis fazem sem cobrar nada.

  8. Poxa vocês poderiam por os valores desses passeios (privativos e em grupos) para as regiões de Valle Sagrado né? E como é que funciona? Vc faz Check in em Cusco por 2 dias (passeio de 1 dia) e no último dia (3 dia ao Valle Sagrado) vc pega um trem e vai a Machu Pichu e dorme lá? Pra subir à cidade sagrada logo cedo e no fim do dia retorna a Cusco para poder ir embora? Algumas dúvidas… rsrsrs

  9. 1 12 13 14
Deixe seu Comentário