atualizado em:

Qual moeda levar para o Japão?

Vale levar dólares ou ienes para o outro lado do mundo? Tire suas dúvidas sobre câmbio.

por Íris Takahashi outros artigos do autor
atualizado em:

Iene. Yene. ¥. Ien. En. Yen. Não importa como você a chame, ela é a moeda que utilizamos numa viagem ao Japão. Mas, ao organizar uma viagem para o outro lado do mundo, a dúvida não encara o jet-lag e aí: vale a pena comprar iene no Brasil?

Vou ser bem direta com a resposta: leve dólar. Não vale a pena comprar ienes por aqui.

Explico: em abril de 2018, o cenário era assim:

  • US$ 1 = R$ 3,56
  • ¥ 1 = R$ 0,035
  • US$ 1 = ¥ 104

Ou seja:

No Brasil, com R$ 3,56 eu comprava ¥ 101.

No Japão, com US$ 1, eu saía da casa de câmbio com ¥ 104. \o/

De novo: leve dólar.

(mas leve um pouquinho de iene também, pro início da viagem!)

que-moeda-levar-japao-ien-dolar-02

Como é o dinheiro do Japão?

São 4 notas diferentes: ¥ 10.000, ¥5.000, ¥2.000 e ¥1.000. Se você pegar alguma nota de ¥2.000, guarde-a como recordação – elas são raras! 😀

As moedas são: ¥500, ¥100, ¥50, ¥10, ¥5 e ¥1. A maior e mais pesada é de ¥500, e a mais leve (que parece de alumínio) é a de ¥1.

Sei que “quem converte, não se diverte”, mas uma moedinha de ¥500 vale aproximadamente 5 dólares, ou seja, quase 20 reais no momento em que este post foi escrito. Logo que cheguei, tinha a falsa impressão de que as coisas eram baratas porque eu “podia pagar tudo com moedinhas”.

Cheguei no Japão com dólares, e agora?

Você pode trocar os dólares no aeroporto, correios ou casas de câmbio. As redes mais famosas são redes de câmbio Travelex, Daikokuya, Sakura e World Currency Shop, mas lembre-se que as cotações podem variar de acordo com o dia da semana e o horário escolhido. Aproveite as cidades maiores para realizar essa troca, pois foi onde encontrei as melhores cotações.

O dólar é aceito como forma de pagamento no Japão?

Normalmente não. Não é costume dos estabelecimentos aceitar o pagamento em dólar.

Vale a pena levar cartão pré-pago ou de débito para o Japão?

Não costumo sugerir essa opção. O cartão pré-pago só pode ser carregado com dólares (americanos, canadenses, australianos, neozeolandês), euro e libra. Portanto, você teria que carregá-lo com dólar e realizar saques do cartão (que são sempre tarifados) ou pagar a conversão na hora da compra.

Além disso, pode ser difícil encontrar um caixa eletrônico que permita esse tipo de saque. Geralmente as lojas da rede 7-Eleven têm caixas automáticos que operam essa função para contas internacionais. E, por mais curioso que pareça, algumas agências dos correios japoneses também fazem saques para estrangeiros.

Como tirar o visto do Japão - 04

O cartão de crédito é bem aceito no Japão?

Sim. Muitos estabelecimentos, principalmente nas cidades maiores, aceitam bandeiras globais como Visa e Master. Mas lembre-se de que, talvez, seu roteiro passe por uma cidade pequena, com lojinhas que não têm máquina. Além disso, tentei passar meu cartão de crédito internacional (devidamente liberado para uso na viagem) em Ise-shi e a transação foi negada.

O Japão é um país muito seguro. Nós, brasileiros, temos esse medo natural de sair de casa com dinheiro na carteira, mas eu saía tranquilamente lá – inclusive à noite. Claro que podemos tomar providências básicas – deixar um pouco no cofre do hotel, não ficar mostrando o dinheiro na rua abertamente, etc – mas essa preocupação com assalto não deve ser o seu motivo para não levar ou não utilizar dinheiro em espécie no Japão.

(sejamos realistas: pessoas mal intencionadas existem em todos os lugares, ok?)

Quando falamos de compras, o Japão é um país bem diferente do Brasil, Estados Unidos ou Europa. A maioria das pessoas usa dinheiro nas compras do dia-a-dia. Cartões de crédito são usados para transações de valores mais altos.

O mais interessante disso tudo é não precisar ficar envergonhada de pagar uma compra com dinheiro em espécie ou com uma nota grande: ninguém vai fazer aquela cara feia por não ter troco. Eles sempre têm e devolvem cada iene que te é de direito. Nada de troco em bala!

É muito comum ver o atendente (ou você, se for um caixa self-service) inserir todo o dinheiro e a caixa registradora devolver o troco automaticamente.

Ah, e alguns lugares, principalmente estações e Game Centers, possuem máquinas para trocar dinheiro 😉

que-moeda-levar-japao-ien-dolar-04

Como comprar moeda estrangeira com as melhores taxas?

Nós somos correspondentes cambiais da Confidence e podemos vender qualquer moeda estrangeira oferecida pela marca com toda a segurança que a empresa garante. Nossas taxas são competitivas e o atendimento é personalizado. Tudo para você economizar ao máximo na hora de viajar.

Algumas curiosidades

  • Provavelmente as notas não vão caber na sua carteira.
  • O dinheiro está sempre bem conservado, sem dobras ou rasuras.
  • Prepare-se para andar com MUITAS moedas. Se preferir, nas lojas de ¥100 você encontra vários modelos de bolsinhas e moedeiras.
  • ¥5 se lê “Go-en”, e é a única moeda que não tem nenhum número arábico identificando-a. É a moeda dourada com furo no meio, e guardar uma dela (principalmente se estiver nova) é considerado um amuleto de boa sorte. “Goen” é uma palavra que pode ser traduzida como oportunidade.
  • Nunca entregue o dinheiro nas mãos do atendente do caixa. Sempre haverá uma bandejinha com um tapete de silicone para você depositar o pagamento ou o cartão. E eles sempre vão contar o dinheiro e o troco na sua frente (mesmo que você não entenda nada do que está sendo dito). “Sorria e acene”.
  • Não ofereça gorjetas.
  • Por último, mas não menos importante: a menos que você esteja em uma loja devidamente identificada como “Tax Free” (sim, elas existem lá também!), adicione o imposto de 8% a todos os preços. Em alguns lugares, o valor com imposto está discriminado abaixo do preço padrão.
  • Ah! Existe um projeto do governo de aumentar esse imposto para 10% em 2019-2020.

Partiu Japão? 🙂

Assine nossa newsletter!