atualizado em:

Dicas para montar um roteiro redondinho pelo Peru :)

Organizar uma viagem para o Peru não é tarefas das mais fáceis, principalmente se esta for sua primeira ida ao país. […]

por Fred Marvila outros artigos do autor
atualizado em:

Organizar uma viagem para o Peru não é tarefas das mais fáceis, principalmente se esta for sua primeira ida ao país. Até viajantes mais experientes como nós encontram dificuldades para criar o roteiro direitinho. É por isso que, desde que fomos a primeira vez para a terra dos Incas, ajudamos nossos leitores, seja com novos posts ou resolvendo dúvidas pelas caixas de comentário.

E este post é um daqueles textos que eu gostaria de ter lido quando montei meu primeiro roteiro pelo Peru, pois tentarei explicar detalhes e resolver as dúvidas mais comuns por aqui. E claro, se você tiver alguma dica que ache interessante, a caixa de comentários é toda sua. Nós tentaremos selecionar as melhores para adicionar ao post sempre que possível 😉

Tour privado ou compartilhado no Peru? - Arequipa

Dicas para montar um roteiro de viagem pelo Peru

A primeira coisa que devo dizer é que existem diversas formas de se montar um roteiro pelo Peru e essas são apenas algumas dicas. Tem pessoas preferem fazer um roteiro mais mochilão, enquanto outras procuram por mais luxo; algumas preferem fazer uma viagem mais rápida, enquanto outras gostam de ficar mais tempo em um lugar, por isso, analise essas dicas como um guia e não como uma verdade absoluta, moldando-as ao seu perfil de viajante  😉

Leia o Sundaycooks de cabo a rabo 😛

É sério, temos tantas informações aqui no blog que você conseguirá responder à maioria das suas perguntas só lendo os posts e comentários. Para quem tem interesse na parte Sul do Peru, nós ainda temos muitas dicas pra postar, por isso não se acanhem. Podem perguntar por aqui mesmo que nós respondemos 🙂

Museu Mario Testino de Lima - Peru 3

Defina as cidades e lugares que deseja visitar antes de comprar a passagem aérea

Pode parecer bobagem, mas ao saber quais cidades quer visitar, você consegue comprar passagens entrando por uma cidade e voltando por outra, o que pode poupar tanto dinheiro quanto tempo da sua viagem. Ficar um dia a mais em Machu Picchu ou no Valle Sagrado porque você otimizou seus deslocamentos não tem preço 🙂

Eu sei que algumas promoções de passagens aéreas são super tentadoras, mas, na maioria das vezes, você terá muito menos tempo que gostaria ou que seria necessário para curtir uma viagem ao Peru de verdade, o que lhe deixar frustado :/

É por isso que sempre indico que nossos leitores comecem a fazer planos para sua viagem mesmo que ainda não tenham datas certas, numa maneira de se preparar para quando uma super promo acontecer. E planejar viagens é tudo de bom, não é? Mas é preciso prestar atenção às promoções, pois muitas vezes a passagem de Lima para Cusco sai mais cara que a passagem Brasil-Lima / Brasil-Cusco.

Valle Sagrado - Ollantaytambo - portões na base

Compre o bilhete multidestinos, chegando por uma cidade e voltando por outra

Como já falamos neste post sobre esse tipo de bilhete aéreo, ao comprar passagens multidestinos, é possível otimizar a viagem ao não precisar voltar necessariamente à cidade de entrada no país antes de chegar ao Brasil.

Muito cuidado com os efeitos da altitude e do soroche

Se você vai para Cusco, Valle Sagrado, Puno, Valle del Colca, Huaraz ou mesmo Arequipa, não subestime os efeitos da altitude e vá com calma nos primeiros dias. Coma coisas leves, evite caminhadas muito longas ou subidas muito íngremes e tenha uma lata de OxiShot numa mão e folhas de coca na outra (elas têm gosto terrível, mas mastigá-las ajuda e MUITO contra os efeitos da altitude). Se quiser levar algum medicamento, por favor, consulte seu médico antes para não ter nenhuma reação indesejada.

Mal de altitude: como prevenir o soroche em Cusco

Não alugue carro. Não. Mesmo 😉

Trânsito louco, motoristas que não respeitam veículos menores, estradas com muitas curvas, altitude… Melhor não arriscar. Veja no post abaixo outras razões para não alugar carro no Peru:

Vale a pena alugar carro no Peru?

Viaje de ônibus

Os ônibus das melhores companhias como a Cruz del Sur e Oltursa são muito bons e normalmente têm uma primeira classe com cadeiras mais confortáveis e entretenimento de bordo, por isso, não se preocupe, viajar de ônibus no Peru é barato e bem tranquilo 🙂

Como ir de uma cidade a outra no Peru?

Dicas para viajar de ônibus no Peru e as melhores empresas para usar

Viajar de ônibus no peru - Ônibus Cruz del Sur

Saiba que as distâncias podem ser curtas, mas os trajetos são bem demorados

A primeira vez que olhei o mapa do Peru para montar meu roteiro por Lima, Ica, Nazca, Arequipa e Puno, pensei: são poucos quilômetros entre cada cidade, dá pra chegar rapidinho. Ledo engano.

Já nos sites das companhias de ônibus, percebi que o tempo dos deslocamentos eram consideráveis, mesmo no trajeto plano entre Lima e Ica. Ainda assim, é preciso saber que você pode gastar ainda mais tempo nesses deslocamento caso haja algum acidente ou caminhão lento no caminho, pois as estradas são todas de pista única e cheias de curvas. Por exemplo, levamos mais de 11h num dos trechos em que a previsão era de 9h.

Por isso, não programe nada que tenha hora marcada nesses dias dos deslocamentos mais longos.

Veja também:

Onde ficar em Cusco, Machu Picchu e Valle Sagrado?

Onde ficar em Lima e quais os melhores bairros?

Onde ficar em Trujillo, norte do Peru?

Prove a comida local

Uma das coisas mais legais de se fazer no Peru é provar a comida local. Cevice, ají de gallina, tacu tacu, lomo saltado, cuy, pisco sour, chicha morada… Prove tudo que puder, pois essa é uma das grandes maravilhas de se viajar: poder provar a comida e conhecer os costumes de diferentes locais 😀

Compre o ingresso e o ticket do trem para Aguas Calientes com antecedência

Nunca é cedo demais para comprá-los, exceto, talvez, no final do ano, porque o sistema dos ingressos de Machu Picchu só libera a compra pro ano seguinte poucos dias antes do ano novo. A dica é comprar primeiro a passagem de trem, que é a mais crítica, e depois a de Machu Picchu que é relativamente mais tranquila e só costuma acabar próximo do dia da visita ou na alta temporada. Lembrando que se quiser visitar Huayna Picchu, é melhor comprar com mais antecedência também, pois são apenas poucas centenas de ingressos disponíveis por dia.

Ingressos para Machu Picchu: Como comprar e possíveis dúvidas

Dica infalível para comprar a entrada de Machu Picchu por conta própria

Como ir para Machu Picchu

Contrate um guia particular

Eu acho que essa é uma das mais importantes dicas que eu posso dar sobre o Peru 😉

Tour no Peru: privado ou compartilhado? O que vale mais a pena?

Agência de viagem do Peru, qual você indica?

5 Programas imperdíveis em Lima - Restaurante Osaka

Qual moeda levar para o Peru?

Eu explico essa parte direitinho no post abaixo. Não deixe de ler a caixa de comentários, pois vários leitores deixaram dicas super úteis sobre onde trocar dinheiro com cotações melhores tanto em Cusco como em Lima 🙂

Qual moeda levar para o Peru?

Sugestão de roteiros pelo Peru

Para ajudar aqueles que não sabem bem o que visitar no Peru, separei aqui alguns roteiros para tomarem como base 😉

Peru clássico para uma primeira viagem

  • Lima: 4 dias
  • Cusco: 6 ou 7 dias
    • Machu Picchu: 1 dia (ou 2 se possível)
    • Valle Sagrado: 3 dias

Total: 10 a 11 dias

Fazer a sequência Lima, Cusco, Valle Sagrado e Machu Picchu é o ideal para aquela primeira viagem pelo Peru, pois é se tem contato com as melhores partes da cultura pre-inca e inca do país. Garanto que será tão incrível que no avião da volta, você começará a traçar planos para a próxima visita 😛

Sul do Peru

  • Lima: 2 ou 3 dias
  • Ica: 2 ou 3 dias, dependendo do horário de chegada
    • Paracas e Islas Ballestas: 1 dia
  • Nazca: 1 dia
  • Arequipa: 3 ou 4 dias
    • Valle del Colca: 2 dias
  • Puno: 2 dias
    • Ilhas de Taquille e Uros: 1 dia

Total: 10 a 12 dias

Este roteiro precisa de uma logística de transporte mais apurada pra poder otimizar os passeios e também não morrer de cansaço, pois alguns tours não fazem pernoite em algumas dessas cidades, passando a noite no ônibus, o que eu não aconselho, principalmente quando a altitude está presente.

Norte do Peru

Aqui você pode começar por Trujillo ou Lima. Se for seguir viagem para o Sul do Peru, como nós fizemos, é melhor começar a viagem por Trujillo e ir descendo.

  • Trujillo: 3 dias
  • Chiclayo: 2 dias
  • Lima: 2 dias

Total: 7 dias

Historicamente, começar o passeio pelo Norte do Peru, antes de ir pra Cusco e Valle Sagrado, é melhor, pois a maioria do que se vê é pré-inca, mas devo confessar que é uma viagem pra quem gosta de história e arqueologia. É por isso que considero este roteiro como uma viagem para quem vai visitar o país pela segunda vez.

Onde comer em Trujillo - Barcos de Totora

Peru completo

Este é o roteiro para quem quer aproveitar o que há de melhor no Peru. Incluí a parte do Norte do Peru como opcional, pois é difícil conseguirmos todos esses dias de férias, mas fica aí a dica para quem tiver interesse 🙂 Peço desculpas por não incluir Huaraz, pois considero um passeio lindo, mas que pode ser cansativo para uma viagem longa como essa. De qualquer forma, se você foi a Huaraz, por favor nos conte como foi seu roteiro e o passeio para que eu possa incluir aqui também 😉

  • Lima: 2 ou 3 dias
  • Ica: 2 ou 3 dias, dependendo do horário de chegada
    • Paracas e Islas Ballestas: 1 dia
  • Nazca: 1 dia
  • Arequipa: 3 ou 4 dias
    • Valle del Colca: 2 dias
  • Puno: 2 dias
    • Ilhas de Taquille e Uros: 1 dia
  • Cusco: 6 ou 7 dias
    • Machu Picchu: 1 dia (ou 2 se possível)
    • Valle Sagrado: 3 dias

Total: 16 a 20 dias

Tenha em mente que o deslocamento entre Puno e Cusco é bem longo, portanto talvez seja mais interessante aumentar um dia no seu roteiro pois esse dia será praticamente perdido.

Amazônia Peruana

Nem falamos ainda da região da Amazônia Peruana e dos Chachapoyas, bastante rústica, mas que guarda algumas das paisagens mais incríveis do país 😉

Essa região exige que seja feita com uma agência, pois não é fácil se locomover por lá, nem encontrar hospedagem em todos os lugares como mostramos nesse roteiro pela Amazônia peruana. Essa é uma viagem incrível para quem gosta de natureza, história, arqueologia e aventura, porque as estradas são muito sinistras.

Total: 8 dias

Qual a sua dica para quem está planejando uma viagem para o Peru?

Deixe aqui a divisão de dias do seu roteiro e o que achou dele

para ajudar a outros leitores que querem ir para os mesmos lugares 😀

Clique aqui para conferir todas as nossas dicas e roteiros do Peru \o/

Assine nossa newsletter!

Comentários